Sexy Hot promove lives com casal de atores pornô durante a pandemia

Ricardo Rigel
Os atores DreadHot e Alemão são os convidados de estreia do novo recurso de lives da Sexy Hot

A onda das lives chegou ao mercado de filmes adultos. E o site Sexy Hot anunciou que para entrar na tendência de sexo virtual e exibições em frente às câmeras, os protagonistas do "Prêmio Sexy Hot 2019", os atores DreadHot e Alemão são os convidados de estreia do novo recurso de lives, que acontece na próxima quinta-feira, às 22 horas. 

DreadHot e Alemão prometem muitas cenas picantes, ao vivo e exclusivas para os usuários do site sexyhot.com.br.

Segundo a empresa, as lives respeitam as recomendações das autoridades sanitárias em meio à pandemia. E, todos os atores e atrizes selecionados para participarem das lives, estão aptos para gravar em casa, seja sozinho, ou com o parceiro.

 

Em março, com a evolução dos casos de coronavírus, o canal já tinha suspendido, por tempo indeterminado, todas as gravações do selo Sexy Hot Produções, filmes originais e exclusivos do canal, como uma medida de segurança para todos os membros da equipe e do elenco, então com o novo recurso o cuidado permanece.

— Queremos continuar inovando e aprimorando para atrair mais consumidores que valorizem pornô de qualidade e uma experiência mais premium no digital — afirma Cinthia Fajardo, diretora-geral do Grupo Playboy do Brasil.

Mais moderno, o site passa a oferecer a possibilidade de acesso ao serviço de streaming, por meio do Chromecast. Desta forma, o usuário pode acessar diferentes conteúdos de vídeo disponíveis, inclusive todos os filmes originais do Sexy Hot Produções, na plataforma direto na TV.

Os dados obtidos na plataforma do site mostram que 53% dos usuários são jovens com menos de 35 anos, sendo 66% do sexo masculino e 34% do sexo feminino. Além disso, 24% desses usuários moram nas principais cidades da região Sudeste, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, e 78% assistem aos mais de 3 mil vídeos pelo celular.