Shakira bate recorde e se torna artista latina mais ouvida, após música sobre traição

A separação entre Shakira e Gerard Piqué segue fazendo barulho. Na última segunda-feira (23), a nova música da colombiana — a canção "Bzrp Music Sessions, Vol. 53", que traz provocações ao jogador de futebol — a colocou no topo da lista de artistas latinos mais ouvidos no mundo. É a primeira vez que uma mulher ocupa esse lugar, de acordo com dados da plataforma Spotify.

Oscar 2023: Confira a lista completa dos indicados à maior premiação de cinema do mundo

Provocações: Shakira e Piqué dão trégua em briga e se unem para comemorar o aniversário do filho

Shakira ultrapassou os números do porto-riquenho Bad Bunny, rapper que liderava o ranking há cerca de três anos. A cantora atingiu a marca histórica de quase 68,7 milhões de ouvintes mensais na plataforma. Ela é agora a terceira artista com mais ouvintes mensais, atrás apenas de Taylor Swift e Rihanna. Na lista geral, Shakira é a nona mais ouvida no mundo.

A canção, que já foi a mais escutada do mundo na última semana, ocupa agora segunda posição no ranking global das músicas mais escutadas no Spotify. Só nas primeiras 24 horas, a faixa foi ouvida 14,3 milhões de vezes. A composição dá detalhes da relação de Shakira com o ex-futebolista e traz indiretas sobre as traições que sofreu do ex-marido.

Na música gravada com o rapper Bizarrap, Shakira sugere que o ex-marido e sua nova namorada, a estudante Clara Chía Martí, de 23 anos, são pessoas "otárias" e que, apesar de Clara Chía ter "nome de pessoa boa, claramente, não é como soa", como afirma.

Shakira e Piqué ficaram juntos por mais de uma década e tiveram dois filhos. O divórcio aconteceu em junho de 2022, depois que a colombiana descobriu que era traída. De acordo com a cantora, Clara frequentava a residência do casal enquanto Shakira e Piqué ainda eram casados.