Sharon Stone revela que médico aumentou seus seios sem consentimento

Giselle de Almeida
·2 minuto de leitura
A atriz Sharon Stone. Foto: Chris Pizzello/Invision/AP
A atriz Sharon stone. Foto: Chris Pizzello/Invision/AP

Resumo da notícia

  • Sharon Stone relembra histórias de sua vida pessoal e da carreira em uma nova autobiografia

  • Atriz revelou que cirurgião decidiu aumentar seus seios sem consentimento

  • No livro, estrela também aborda episódio de abuso sexual que sofreu na infância

Em sua nova autobiografia, a atriz Sharon Stone revela que passou por uma situação invasiva quando precisou se submeter a uma cirurgia para remover tumores benignos em 2001. A atriz de 63 anos contou que, na ocasião, seu médico decidiu fazer cirurgias plásticas em seus seios sem consentimento.

Segundo o jornal "The Sun", a intérprete de "Instinto Selvagem" relatou que o profissional aumentou suas mamas porque "pensou que ficaria melhor".

Leia também:

"Quando tiraram as faixas, eu descobri que tinha seios maiores do tamanho de um copo, e ele me disse: 'Eles vão ficar melhores com o tamanho do seu quadril'. Ele mudou meu corpo sem meu consentimento ou conhecimento", afirmou a estrela.

Essa e outras histórias da vida pessoal e da carreira de Sharon constam em "The Beauty Of Living Twice", com lançamento previsto para 30 de março. No livro, ela também aborda os abusos sexuais sofridos por ela e e sua irmã Kelly durante a infância. A violência era cometida pelo avô das crianças.

Outro episódio narrado pela atriz, segundo a revista "Vanity Fair", reconta a vez que um produtor a aconselhou a transar com parceiro de cena para melhorar a química de seus personagens em um filme.

"Acham que se eu f***-lo, ele se tornará um ótimo ator? Ninguém é tão bom na cama. Achei que eles poderiam ter contratado apenas um colega com talento, alguém que pudesse fazer uma cena e lembrar suas falas. Eu também senti que eles próprios poderiam f**** com o ator e me deixar fora disso. Era meu trabalho atuar e eu disse isso. Esta não foi uma resposta popular. Eu fui considerada difícil", declarou.