Dono da Havan pede demissão de Sheherazade, e jornalista promete processá-lo

Brazilian entrepreneur Luciano Hang waits to be authorized to enter and visit presidential candidate Jair Bolsonaro, of the Social Liberal Party, in Rio de Janeiro, at Bolsonaro's home in Rio de Janeiro, Brazil, Wednesday, Oct. 10, 2018. (AP Photo/Leo Correa)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Dono da Havan celebrou redução na equipe de jornalistas do SBT e pediu a demissão de Sheherazade

  • Pelo Twitter, jornalista anunciou que processará Hang, que respondeu mandando-a trabalhar em Cuba

O dono da Havan, Luciano Hang, comprou uma briga com a apresentadora Rachel Sheherazade nesta sexta-feira (22). Ele usou as redes sociais para elogiar Silvio Santos pela decisão de reduzir a equipe de jornalismo da emissora e ainda disse que só faltava Sheherazade entrar na lista dos dispensados.

Leia também

"O jornalismo da grande mídia está todo contaminado com ideologias comunistas que destroem o nosso Brasil. Parabéns Silvio Santos", escreveu Hang em referência à notícia de que SBT anunciava o fim do jornalístico SBT Notícias, e que toda a equipe do programa tinha sido demitida. "Ainda falta mais gente para você demitir. Raquel é uma delas", completou.

O empresário é conhecido por apoiar o atual do presidente Jair Bolsonaro (PSL), e Sheherazade tem publicado vídeos e textos em suas redes sociais em oposição ao governo.

Se no passado ela teve seu nome associado à direita, hoje, ela critica duramente a presidência. A jornalista não demorou a responder ao empresário: "Já está registrado! Empresário chantageia a emissora onde trabalho e ainda vem à público pedir cabeça de jornalista. Já vi esse filme antes. Mas, agora, vai ter processo", afirmou.

Intimado pelo Twitter, Hang ironizou ao dizer que não pediu a cabeça da jornalista em momento algum. "Cada um faz o que quiser na sua empresa, mas caso aconteça alguma coisa, você pode trabalhar na TV Estatal Cubana Cubavisión lugar Otimo para quem pensa como você. Abraço do veio da Havan".

da Folhapress