Sheik acusado de dar golpe milionário em Sasha Meneghel se pronuncia

Francis da Silva disse que ofereceu um acordo à Sasha Meneghel (Reprodução)
Francis da Silva disse que ofereceu um acordo à Sasha Meneghel (Reprodução)
  • Francis foi acusado de aplicar um golpe financeiro em

  • O “Sheik das criptomoedas” nega que tenha atuado em esquema de pirâmide

  • Ele trabalhava em uma empresa que oferecia empréstimo de Bitcoins

A filha da cantora e apresentadora Xuxa Meneghel, Sasha Meneghel, e o marido, o cantor gospel João Figueiredo, entraram na justiça alegando que caíram em um golpe envolvendo a “Rental Coins”, empresa que diz “realizar empréstimos e aluguéis de criptomoedas e rentabilizar a operação aos seus clientes”.

O casal afirma que levou um prejuízo de R$ 1,2 milhão ao investir na empresa de Francisley Valdevino da Silva, de Curitiba, conhecido como “Sheik das criptomoedas”.

Alguns dias após a acusação, o "Sheik" concedeu uma entrevista, pela primeira vez, ao jornal O Globo. Na ocasião, ele negou que o empréstimo de bitcoins, com taxas que chegaram a 13,5% ao mês de juros, seja pirâmide disfarçada.

"Pensam sempre que é pirâmide, que é golpe. As pessoas, desesperadas, acham que perderam o dinheiro. Mas Francis está no Brasil e trabalha intensamente, até sábados e domingos, para normalizar (os pagamentos). Declaro tudo que tenho. Não sonego imposto", disse ao veiculo.

Francis ainda afirmou que os problemas no grupo empresarial começaram ainda em 2021, mas que ele só teria tomado conhecimento da gravidade do quadro em maio deste ano.

Golpe em Sasha Meneghel foi milionário
Golpe em Sasha Meneghel foi milionário

O acusado disse ainda que pretende ressarcir os clientes através de investimentos em outros segmentos, como a oferta de sistemas de blockchain. Francis ainda afirmou que não capta mais recursos com aluguel de bitcoins.

Sobre a polêmica envolvendo a filha da Xuxa, o 'Sheik' lamenta. "Sasha e João são pessoas extremamente maravilhosas. Tentamos três vezes fazer acordo. Fiquei chateado, estranhei a postura. Tivemos amizade pessoal, mas não quero entrar nos detalhes".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos