Sheron Menezzes superou vergonha para cantar e dançar em 'Vai na fé': ' Já tinha vontade e não fazia por medo'

Sheron Menezzes vive novas experiências como a Sol de "Vai na fé". Além de ser sua primeira protagonista, a personagem ainda pede que a atriz dance e cante. Apesar de adorar fazer isso fora das câmeras, a artista conta que precisou superar a vergonha de mostrar esse seu lado ao público:

— Dançar e cantar são coisas que eu amo fazer, mas morro de vergonha. Eu adoro isso fora das próprias câmeras. Tenho entendido que eu consigo fazer. Cada cena é passar por cima de algo que eu já tinha vontade e não fazia por medo, agora tenho que fazer por trabalho.

Mas a experiência, garante Sheron, tem sido boa:

— Foi gostosa a preparação. Vim de um outro trabalho que coincidentemente também tive que cantar e dançar (na série "Maldivas", da Netflix, ela viveu uma ex-cantora de axé e empresária). Tem sido muito gostoso.

Na última terça-feira, dia 17, Sol fez sucesso no palco depois de ter aceitado o convite de Vitinho (Luis Lobianco) para se apresentar como dançarinha e backing vocal de Lui Lorenzo (José Loreto). Ainda nesta primeira semana da novela, a personagem de Sheron vai aceitar o emprego como dançarina.

A novela escrita por Rosane Svartman, com direção artística de Paulo Silvestrini, já na estreia mostrou que Sol é do tipo que não leva desaforo para casa. Ela vende quentinhas ao lado da amiga Bruna (Carla Cristina Cardoso) pelas ruas do Rio de Janeiro. E não deixa barato quando ouve uma cantada de algum engraçadinho. Para atrair seus clientes, Sol canta paródias de clássicos do funk.

— É muito gostoso ver a Sol como uma mulher que tem seus problemas, mas levanta com sorriso no rosto, trabalha, ajuda a mãe, pega ônibus, faz show... Faz tudo como muitas mulheres no seu dia a dia. É importante as pessoas ligarem a televisão e se identificarem de uma forma positiva. E quando falo de tantas nós, estou falando, principalmente, de mulheres e famílias pretas — celebra a atriz.