Sheryl Sandberg, “braço direito" de Zuckerberg, anuncia que deixará a Meta

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Sheryl Sandberg, “braço direito de Zuckerberg”, anuncia que deixará a Meta (Photo by Step Up/Getty Images for Step Up)
Sheryl Sandberg, “braço direito de Zuckerberg”, anuncia que deixará a Meta (Photo by Step Up/Getty Images for Step Up)
  • Sandberg ocupa o posto de segunda executiva mais poderosa dentro da Meta;

  • A executiva foi contratada por Mark Zuckerberg há 14 anos atrás;

  • Ela informou que apesar de deixar o cargo, permanecerá como membro do conselho.

Quatorze anos após ser contratada pelo cofundador do Facebook, Mark Zuckerberg, Sheryl Sandberg anunciou nesta quarta-feira (1º) que deixará a Meta até o final do ano. Sandberg atualmente ocupa o posto de segunda executiva mais poderosa dentro empresa.

Em uma postagem em sua página do Facebook, a executiva disse que ela e Zuckerberg "cresceram juntos” ,mas que estava deixando o cargo de diretora de operações.

"Quando assumi este trabalho em 2008, esperava que ficaria nesta função por cinco anos. Quatorze anos depois, é hora de escrever o próximo capítulo da minha vida", publicou Sandberg

Sem dar muitos detalhes de como será sua vida após deixar a Meta, a executiva afirmou que vai se dedicar a sua fundação e a filantropia.

Sandberg, uma das mulheres mais poderosas da Big Tech – com cerca de US$ 1,6 bilhão segundo a Forbes – disse que apesar de deixar o cargo, permanecerá como membro do conselho de administração da empresa. No seu posto de diretora de operações da empresa, a executiva de 52 anos será substituída por Javier Olivan,.

Quando Sandberg ingressou no Facebook em 2008, a empresa relativamente pequena estava a anos de abrir o capital. Ela tem sido vista por muitos observadores como o “adulto na sala” que ajudou a conduzir a empresa para sua oferta pública inicial em 2012.

Mark é um verdadeiro visionário e um líder atencioso”, disse Sandberg na quarta-feira. “Ele tinha apenas 23 anos e eu já tinha 38 quando nos conhecemos, mas juntos passamos pelos altos e baixos de administrar esta empresa.”

As ações da Meta caíram cerca de 2,6% na quarta-feira, imediatamente após Sandberg anunciar sua saída.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos