Shirley, de 'No limite', conquista torcida do público e ganha apelido: 'Mãezona'

Shirley Gonçalves, participante do programa "No limite", conquistou a torcida do público logo no primeiro episódio do reality show de sobrevivência. A professora de Educação Física de 51 anos ganhou o apelido de "mãezona" por parte dos telespectadores, e seu nome foi o único a figurar entre os assuntos mais comentados do Twitter na noite de terça-feira (3), durante a exibição da atração na TV Globo.

Antes disso, a moradora de Brasília que chama atenção pelo cabelo azul nunca havia marcado presença na internet. Casada há três décadas e mãe de dois filhos, ela só criou um perfil no Instagram no último mês, justamente devido à participação no programa. O reality show, aliás, impôs mudanças significativas em sua vida: há mais de seis anos, ela não comia alimentos com glúten. A dieta restritiva — que descarta iguarias como macarrão, pão, bolos e biscoitos — precisou ser deixada de lado.

"Gosto de mesa farta, de muita comida. Já tem seis anos que não como nada disso que tem aqui (no programa). Mas nós estamos na lei da sobrevivência. Então, tudo o que vier é lucro", contou Shirley. Ela integra o time azul, ao lado de outros dez participantes. No primeiro episódio do programa, o grupo — que disputa provas de habilidade física contra o time amarelo, formado por 12 pessoas — eliminou a participante Dayane após perder uma das competições.

A fala mansa e o jeitão tranquilo de encarar problemas foram exaltados pelos espectadores nas redes sociais. "Transformar dor em aprendizado, obstáculos em realizações e guerras em calmaria! Shirley já faz isso durante toda uma vida, sendo uma Educadora Física que sempre pensou no bem-estar emocional e físico", escreveram os administradores de sua página no Instagram.

A família de Shirley se reuniu, na noite de terça-feira, para acompanhar o programa. Os filhos gravaram um vídeo para mostrar a animação ao assistir ao desempenho da mãe no reality show.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos