Shopee prevê clientes gastando mais no Dia dos Pais

·2 minuto de leitura
Small son sit on strong dad shoulders showing biceps. African family enjoy activity games at home, healthy fit lifestyle, two superheroes, vitamins for adults and children ad, happy Father Day concept
Small son sit on strong dad shoulders showing biceps. African family enjoy activity games at home, healthy fit lifestyle, two superheroes, vitamins for adults and children ad, happy Father Day concept
  • Pesquisa do Shopee aponta consumidores com disposição de comprar ítens mais caros em 2021;

  • Calçados e acessórios serão carros-chefe das vendas;

  • O estudo detectou que quem usa e-commerce há mais tempo tende a gastar mais;

O consumidor está mais disposto a desembolsar mais dinheiro no próximo Dia dos Pais, segundo estudo da plataforma de compras online Shopee. Dos 3.800 entrevistados, a intenção de gastos com presentes na data ronda os R$245. O número é maior do que foi em outras datas comemorativas, como foi no Dia das Mães e no Dia dos Namorados, cujos gastos variaram entre R$210 e R$240. 

A pesquisa ainda revelou que mais da metade dos entrevistados ainda estão indecisos sobre o que comprar e que cerca de 53% planejam comprar seu presente com duas ou mais semanas de antecipação.

Leia também:

Quanto aos ítens que pretendem comprar, os entrevistados demonstraram mais interesse em calçados, acessórios, jóias e cosméticos, além eletrodomésticos e equipamentos eletrônicos. Ao escolher o presente, 60,5% priorizam o custo-benefício, enquanto 15% decidem de acordo do gosto do presenteado.

O estudo também revelou certos hábitos dos consumidores ao fazer compras online. Segundo o Shopee, mais de 60% dos entrevistados são mulheres entre 31 e 45 anos de idade, fazem compras na internet há mais de um ano e priorizam frete grátis e promoções. Mais de 70% afirmaram ter o costume de fazer compras por e-commerce em datas comemorativas.

A plataforma também apontou que quem faz compras online há mais tempo tem a tendência de gastar mais, sendo de R$263 o gasto médio de quem compra na internet há mais de um ano. Por outro lado, quem usa e-commerce há menos de seis meses tem uma média de gasto de R$204.

As informações são do portal Propmark.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos