Shopping centers abrem mais cedo na Black Friday

Shopping centers apostam em horário estendidos e promoções diferenciadas (Foto :Getty Images)

Para atrair clientes na Black Friday, shopping centers adotaram estratégias diferenciadas, além de descontos que chegam a 80%. Muitos centros de compras vão abrir as portas mais cedo nesta sexta-feira.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

O Santana Parque Shopping, na Zona Norte da capital paulista, ampliou a Black Friday para até domingo. Na sexta-feira, principal dia dos descontos, o empreendimento abre suas portas uma hora mais cedo, às 9h da manhã, e encerra as atividades uma hora mais tarde, às 23h.

Serão descontos de até 70% em cima do valor real do produto, entre vestuários, acessórios e turismo. Neste ano, o destaque da data fica por conta do setor de eletroeletrônicos, que também é o mais procurado pelos clientes, segundo Marcos Maltez, gerente de marketing do Santana Parque Shopping.

O Shopping Taboão, na Grande São Paulo, aliou a tecnologia para aquecer a data da maior liquidação do varejo: vai usar a realidade aumentada para clientes “caçarem” ofertas pelo centro de compras, com descontos que podem chegar a 80%. As portas vão ser abertas às 8h de sexta e fecham às 23h.

Leia também

·         Os melhores celulares de até R$ 1.500

·         Os melhores celulares de até R$ 2.500

·         Os melhores celulares de até R$ 3.500

No ABC Paulista, o Shopping Praça da Moça também apostou no horário de funcionamento estendido: na sexta e sábado das 10h às 23h e no domingo das 10h às 22h. Apenas a Lojas Americanas abrirá em horário diferenciado para esta Black Friday, a partir da meia noite de quinta-feira.

O Shopping ABC faz a festa com os clientes para esquentar a Black Friday. Com abertura programada para as 9h, os descontos chegam a 75% com direito ainda a sorteio de cinco vales-compras de 2 mil reais cada, às 20h.

O Shopping Penha, na Zona Leste de São Paulo, abrirá 1 hora mais cedo e encerrará as atividades uma hora mais tarde, totalizando 14 horas de Black Friday.

Já o Market Place, que fica na Zona Sul de São Paulo, vai funcionar em horário normal. Uma das apostas do shopping é a distribuição de vouchers de descontos exclusivos pelos corredores e também no entorno dos bairros do Morumbi, Campo Belo, Chácara Santo Antônio e Brooklin.

O Frei Caneca, que fica na região central da capital, incentiva as compras com sorteios de um Jepp Compass e duas viagens para Safári na África do Sul.