Rio inaugura primeiro grande shopping da pandemia

·3 min de leitura
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)
  • Inauguração do ParkJacarepaguá é a primeira grande inauguração no RJ durante a pandemia;

  • ParkJacarepaguá tem a primeira inauguração de shopping no Brasil durante a pandemia;

  • Novo shopping prima pela eficiência energética com energia solar e recarga de carros elétricos;

O ParkJacarepaguá abre hoje as portas ao público no bairro da Zona Oeste do Rio, na que promete ser a primeira grande inauguração de shopping durante a pandemia. Com um projeto de R$ 1 bilhão, o 20º shopping da Multiplan no país é o primeiro de grande porte a entrar em operação este ano no Brasil, com apenas cinco novos empreendimentos, de uma previsão inicial de 13 inaugurações para 2021, segundo dados da Abrasce, associação que representa o setor, de acordo com informações do jornal O Globo.

Leia também:

De acordo com o jornal, o centro comercial chega adaptado à mudança de perfil do consumidor, seguindo tendências que avançaram durante a pandemia. O shopping atende ao desejo da clientela de ter, por exemplo, espaço mais aberto, com mais áreas verdes e iluminação natural. Com a perspectiva de gerar oito mil postos de trabalho, entre diretos e indiretos, o ParkJacarepaguá inicia suas atividades com 95% de seus quase 40 mil metros quadrados de área bruta já locados. Ao todo, serão 235 lojas.

Shopping será o primeiro grande centro inaugurado em 2021

No novo ParkJacarepaguá há também centro de convenções e espaços de lazer e serviços, como área de patinação no gelo, complexo de salas de cinema, academia, supermercado, bares e restaurantes. Haverá ainda dois parques externos, sendo um com espaço para pets e praça de eventos com anfiteatro e telão. O outro, infantil, abre em 2022. Ao todo, o terreno tem 110 mil metros quadrados.

O estacionamento para mais de dois mil veículos inclui área para recarga de carros elétricos. O projeto conta ainda com uma unidade de geração de energia solar, capaz de suprir 15% da necessidade de eletricidade do shopping, o que colabora para reduzir o custo para os lojistas. Entre as chamadas lojas-âncora do shopping estão Magazine Luiza, Renner e Riachuelo, além da Pernambucanas, que investiu R$ 4,5 milhões em uma megaloja, segundo informações do jornal O Globo.

O setor de shoppings registrou um tombo de 33% no faturamento em 2020, primeiro ano da pandemia, decaindo a R$ 128,8 bilhões. A retração se deveu aos meses de fechamento, em razão das medidas de distanciamento social para conter a propagação da Covid-19, e à retração do consumo elas famílias. Este ano, com a retomada das atividades, a estimativa da Abrasce levantada pelo jornal é que esse resultado avance 61% sobre 2020, superando R$ 200 bilhões. Em 2019, foram R$ 192 bilhões.

O setor retoma em ritmo gradual. O Brasil tem hoje 601 shoppings. A previsão, no início deste ano, era de que mais 13 fossem inaugurados no país, porém, foram inaugurados apenas cinco, sendo 3 pequenos em Moreno (PE), Umuarama (PR) e Sinop (MT), além de 2 de grande porte. Um deles é o ParkJacarepaguá, o outro é o ParkShoping Boulevard, que abre em Curitiba no início de dezembro. Os outros oito projetos foram adiados para 2022, com cinco deles sendo inaugurados no primeiro semestre, segundo a Abrasce.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos