Silenciado no primeiro turno, Doria vota e fala em eleição 'emblemática' num recado para Bolsonaro

Silvia Amorim
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO - Distante da eleição paulistana em todo o primeiro turno, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou neste domingo que a disputa municipal será emblemática. O recado foi para o presidente Jair Bolsonaro, embora o tucano não tenha o mencionado diretamente.

- Essa já é uma eleição emblemática. Não quer dizer que ela seja nacionalizada. Mas há certas figuras públicas que escolheram seus candidatos. Vamos ver o resultado - disse Doria ao votar na capital paulista.

Perguntado por que considerava a eleição deste ano emblemática, o governador continuou referindo-se a Bolsonaro:

- Porque ela estabelece aquilo que alguns não gostam: democracia e direito ao voto.

Por uma estratégia do prefeito Bruno Covas (PSDB), candidato à reeleição, Doria ficou ausente das atividades de campanha este ano por causa de sua alta rejeição junto ao eleitor paulistano.Neste domingo foi a primeira vez que o governador apareceu diante das câmeras com o candidato em um contexto de eleição.

A disputa municipal em São Paulo virou uma prévia do que pode ser a eleição presidencial de 2022. Doria e Bolsonaro têm planos de concorrer à Presidência da República. O governador mostrou-se otimista com uma vitória de Covas

.-O Bruno será vencedor em qualquer circunstância - disse.

Depois de votar, Doria seguiu até o colégio eleitoral de Covas para acompanhar o colega de partido.