Simone comete gafe e chama Zema de 'Zuma' em evento de campanha em Minas

A candidata do MDB à Presidência, Simone Tebet, cometeu uma gafe ao discursar durante convenção do seu partido em Minas Gerais que oficializou o apoio à reeleição do governador Romeu Zema (Novo). Ao elogiar o governador, que participava do evento neste sábado, em Belo Horizonte, tratou o aliado como Romeu "Zuma".

— Esta chapa (do MDB) vai eleger o maior número de deputados estaduais e deputados federais. Para que possamos juntos, ao lado do atual governador Romeu Zuma, poder eleger de novo este grande homem público — discursou.

Guia O GLOBO Eleições: conheça os pré-candidatos ao governo e ao Senado nos estados e quem eles apoiam para presidente

Veja lista: Maioria dos partidos prioriza deputados na divisão do Fundão; veja a lista

Alertada por uma pessoa que estava logo atrás, Tebet se corrigiu e repetiu o nome na sequência, desta vez da forma correta.

A candidata já havia acertado o nome do governador em uma menção anterior, quando iniciou o discurso e citou os presentes.

Sem candidato prório do MDB em Minas, Simone terá que dividir o palanque de Zema com outros presidenciáveis, como o candidato do Novo, Luiz Felipe D'ávila.

Como mostrou o GLOBO, o PL, do presidente Jair Bolsonaro, também negocia apoiar o atual governador para abrir um palanque no estado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos