Simone Mendes revela estratégias para bombar na carreira solo

Simone Mendes no Caldas Country (Foto: Leo Franco/AgNews)
Simone Mendes no Caldas Country (Foto: Leo Franco/AgNews)

A estreia oficial da carreira solo de Simone Mendes aconteceu no Caldas Country Festival, em Goiás, na semana passada. Na ocasião, a cantora foi ovacionada pelo público, mas não se deixou levar pelos comentários dos bastidores. A fim de manter os fãs empolgados e continuar bombando após a separação da dupla com Simaria, a sertaneja revelou em conversa com os jornalistas que já traçou planos para se manter no topo.

Menos shows por mês

Simone está convencida de que quantidade não é qualidade. A cantora decidiu fazer menos shows nessa nova fase. Ela quer ter tempo para se dedicar à família e dar tudo de si quando estiver nos palcos.

"Fui muito abençoada nesses anos de carreira e deu para guardar uma coisinha. Quando a gente guarda uma coisinha, a gente coloca um limite de show para aproveitar mais os filhos, o marido. Quando a gente consegue fazer um balanço disso, a vida se torna mais gostosa", diz ela.

A partir de agora, a sertaneja pretende fazer cerca de 10 shows por mês. "Isso dá em torno de dois shows por semana pegando sexta, sábado e domingo. No meio da semana vou ficar com a minha família", explica.

Mudança de tom

Sem Simaria para dividir as canções, Simone pretende cuidar mais da voz. Ela conta que o seu produtor achou melhor baixar o tom de suas músicas a fim de proteger suas cordas vocais e atrair um público de maior poder aquisitivo.

"Ele disse que é muito incrível a forma que canto, mas para a minha voz alcançar norte, nordeste, sul e sudeste, pegando todos os públicos, inclusive a classe A, eu preciso abaixar alguns tons da minha voz. Esse estudo foi feito e agora a minha voz vai baixar pelo menos dois tons para o novo trabalho", afirma.

Feat internacional

Entre os planos da sertaneja também está um feat internacional. Simone conheceu Michael Bublé nos Estados Unidos e conversou com ele sobre uma possível parceria.

"A minha produção mandou um e-mail para a equipe dele dizendo que eu queria conhecê-lo, fizeram uma pesquisa rápida sobre a minha carreira no Brasil e ele quis me conhecer também. Ele foi de uma simpatia, ele é fora da curva. Foi um momento delicioso. Quando soube que ele estaria no Brasil, eu quis ir de novo. Ele disse que foi a segunda vez que a gente se viu, mas teve a sensação que já éramos melhores amigos. Eu aproveitei e falei que seria muito especial fazer um feat com ele", conta a artista.