Simone Tebet defende investir na irrigação do norte de Minas Gerais

Logo Agência Brasil
Logo Agência Brasil

Segundo ela, a prioridade de seu governo, se eleita, é erradicar a miséria e a fome promovendo o desenvolvimento em todas as regiões do país, gerando emprego e renda. “Todas as regiões têm condições de serem férteis, produzir, gerar emprego e renda, o norte de Minas não é diferente. O que falta é vontade política de trazer definitivamente um grande projeto de irrigação para que a região possa produzir as frutas e exportar, gerar emprego e renda, terminando as barragens e garantindo dignidade para o seu povo”, disse.

Em entrevista à jornalistas, Simone disse ainda que quer garantir segurança, estabilidade e previsibilidade para o país na atração de investimentos privados para obras de infraestrutura. Além disso, ela defendeu a continuidade do programa Auxílio Brasil, no valor de R$ 600, e a emancipação das famílias beneficiárias por meio de qualificação para o mercado de trabalho e educação de crianças e jovens.

Notícias relacionadas:

Durante à tarde, a candidata visitou o Hospital da Mulher e o Instituto Família Azul, em Feira de Santana, na Bahia. A instituição atende crianças com autismo. Na ocasião, ela afirmou que pretende zerar em dois anos a fila de cirurgias, consultas e exames acumulados na pandemia no SUS.  Tebet destacou ainda o programa “Mãe Brasileira”. A medida prevê o acompanhamento total de mães e bebês (até o primeiro ano de vida) e garante o apoio do governo federal à realização de, pelo menos, seis consultas de pré-natal, como preconiza a Organização Mundial da Saúde (OMS), além de exames, parto humanizado e um pequeno enxoval para os recém-nascidos. “Se a medicina pode curar, se a ciência estiver à disposição, nenhuma criança pode morrer”, disse Simone.

*Colaborou a repórter Heloísa Cristaldo.