Simone Tebet registra candidatura à Presidência no TSE

Candidata do MDB à Presidência, Simone Tebet

Por Eduardo Simões

SÃO PAULO (Reuters) - A senadora Simone Tebet (MDB-MS) entrou com registro de sua candidatura à Presidência da República junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no domingo, segundo informações do site da corte, e agora eram sete os postulantes ao Palácio do Planalto com candidaturas já formalizadas junto à Justiça Eleitoral.

A senadora terá em sua coligação, além do MDB, a federação formada por PSDB e Cidadania e ainda o Podemos. A candidata a vice será a também senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP), conforme anunciado na semana passada.

Tebet declarou patrimônio de 2,3 milhões de reais à Justiça Eleitoral, enquanto sua candidata a vice afirmou ter patrimônio de 12,8 milhões de reais.

Tebet aparece nas pesquisas de intenção de voto com em torno de 2% da preferência do eleitorado, o que a deixa extremamente distante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que lidera a disputa, e do presidente Jair Bolsonaro (PL), que vem em segundo. Ela está também atrás de Ciro Gomes (PDT).

No fim de semana, Lula registrou sua candidatura, assim como a de seu postulante a vice, o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSB).

Além de Lula e Tebet, já registraram oficialmente suas candidaturas junto ao TSE Felipe D'Ávila (Novo), Léo Périclies (UP), Sofia Manzano (PCB), Vera Lúcia (PSTU) e Pablo Marçal --cujo partido, o Pros, está dividido em meio a uma disputa jurídica pelo seu comando.