Sistema imunológico: 3 sinais de que sua imunidade está fraca para enfrentar gripes e outras infecções

Não é novidade que o sistema imunológico é uma parte essencial do corpo humano que, que além de garantir proteção, evita que substâncias estranhas e patógenos afetem negativamente nossa saúde. Mas como saber se o sistema está pronto e forte o suficiente para lutar contra gripes, resfriados e outros tipos de vírus?

Anestesia geral e biópsia intraoperatória: Como foi a cirurgia de Lula

Leucoplasia: Tudo sobre a doença que fez Lula passar por uma cirurgia neste domingo

O corpo humano é muito capaz de dar sinais quando se torna incapaz de lidar com doenças virais comuns e outras condições leves. Conheça três sinais que mostre quando o sistema imunológico está fraco.

Ficar doente com frequência

Ficar doente com certa frequência e demorar mais do que o normal para se recuperar, é um sinal claro que de seu sistema imunológico deve estar funcionando em um ritmo lento. Resfriados, dor de garganta, tosse e espirro são comuns no inverno, porém, ter esses sintomas seguidos por meses, indica que algo está errado com sua linha de defesa.

Estresse constante

Estressores agudos, como um engarrafamento, ou raiva de alguém, podem ajudar a impulsionar seu sistema imunológico a curto prazo, porém, se você está sofrendo de estresse crônico, deve haver algo errado com seu sistema imunológico. Tal condição pode levá-lo a sofrer infecções aumentadas e se recuperar mal de doenças.

Herpes labiais frequentes

O herpes labial, assim como outros tipos de herpes, é causado por um vírus que está presente de forma inativa no corpo humano, porém, com o sistema imunológico em baixa, e o estresse em alta, esses vírus podem ser ativados trazendo erupções cutâneas desagradáveis para a aparência da pessoa. Ter essas reativações frequentes pode ser um indicativo de que o sistema imunológico está fraco.

O que fazer para fortalecer o sistema imunológico

Para controlar e manter o sistema imunológico forte é importante estar saudável com o seu corpo. Ou seja, fazer uma dieta balanceada repleta de vegetais, carnes magras e gorduras saudáveis. Ele disse que isso ajudaria a melhorar as defesas do corpo contra infecções.

Isabel Salgado: Entenda o que é a SARA, síndrome que provocou a morte da ex-atleta de vôlei

Exercícios regulares também são associados a um melhor sistema imunológico, além de reduzir o estresse e aliviar sintomas da depressão. Fazer exercícios aeróbicos, como andar e correr, são grandes aliados contra infecções, melhora a saúde cardiovascular, reduz a pressão arterial e ajuda a regular o peso corporal.

Além disso, um fator importante que pode contribuir para ter o corpo protegido é o sono. Dormir de seis a oito horas por noite é crucial para que o sistema do corpo seja revitalizado.