Site de Lula sofre ataque hacker e mostra mensagem a favor de Bolsonaro

Lula (Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images)
Lula (Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images)

O site oficial do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sofreu um ataque hacker na noite de terça-feira (27), e passou a exibir uma montagem do candidato preso e um vídeo que tocava uma música a favor do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, a página principal não sofreu mudanças e o acesso permaneceu intacto: os invasores geraram um link dentro do site "lula.com.br" para hospedar o conteúdo.

A equipe do petista conseguiu reverter o problema cerca de uma hora e meia depois da invasão.

O ataque hacker foi reivindicado pelo CyberTeam, mesmo grupo hacker que fez ataques à páginas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), informou o jornal.

Os invasores também provocaram o tribunal ao hackear o site do presidenciável. “Lula porque você não contrata técnicos de informática do TSE kkkkkkk (sic)”, diz o texto.

Além disso, eles deixaram uma referência ao hacker de Uberlândia Marcos Roberto Correia, preso em março do ano passado por suspeita de envolvimento em vazamento massivo de dados de 200 milhões de brasileiros.

Conhecido como VandaTheGod, ele é suspeito de participar do ataque ao TSE há dois anos, além de ter sido usado pelo deputado bolsonarista Filipe Barros (PL-PR) para tentar colocar dúvidas sobre a segurança das urnas eletrônicas.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)