Site ‘Não me Perturbe’ atinge 10 milhões de telefones cadastrados

·1 min de leitura
A mobile phone in the hands of a girl. A young woman in a black T-shirt is holding a phone. The fraudster sends an email message. The work of a freelancer, businessman. The wife checks messages and notifications on social networks. Wireless technologies.
O estado com mais cadastros no ‘Não me Perturbe’ é São Paulo

(Getty Images)

  • Plataforma 'Não me Perturbe' atinge 10 milhões de números de telefone cadastrados;

  • Site bloqueia ligações de bancos consignado e empresas de telecomunicações;

  • Montante corresponde a 3,5% de todos os números registrados no Brasil.

A plataforma ‘Não me Perturbe’ atingiu, nesta sexta-feira (8), 10 milhões de números de telefones cadastrados, segundo a Conexis Brasil Digital, representante das principais operadoras de telecomunicações do Brasil.

Criado em julho de 2019, o site bloqueia ligações de bancos consignado e empresas de telecomunicações, de forma a evitar que os cidadãos sejam importunados com assédio comercial – como vendas de serviços e anúncios de pacotes de promoções.

O montante atingido nesta sexta-feira representa 3,5% do total de 284,9 milhões de números fixos e móveis registrados no Brasil. O estado com mais cadastros no ‘Não me Perturbe’ é São Paulo (4,8 milhões), seguido pelo Paraná (885,6 mil) e Minas Gerais (871,6 mil).

Como se cadastrar no ‘Não me Perturbe’

O cidadão que quiser bloquear ligações de bancos e empresas de telecomunicação deve acessar o site https://www.naomeperturbe.com.br/. Depois, é só clicar em ‘Cadastrar’ e informar os dados, como nome completo, e-mail e CPF em que está registrada a linha telefônica. Depois de criar o cadastro, é necessário realizar o login e escolher quais companhias deseja bloquear.

Vale lembrar que ligações de cobrança, suporte e pesquisas de satisfação não podem ser bloqueadas. O prazo para efetivação do bloqueio é de até 30 dias da data da solicitação e as empresas que descumprirem as regras podem ser penalizadas com multas de até R$ 50 milhões.

O Não me Perturbe não possui aplicativos para smartphones, não envia e-mails com arquivos executáveis e não solicita dados pessoais ou bancários.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos