Situação de Aécio Neves se complica

O senador tucano por Minas Gerais foi gravado pedindo 2 milhões de reais por Joesley Batista, dono do grupo JBS, segundo informações do Jornal "O Globo", desta última quarta-feira.