Situação dos incêndios melhora na Espanha

A situação dos incêndios melhorou nesta quinta-feira (21) na Espanha, país que viveu alguns dias difíceis com dezenas de milhares de hectares queimados, após a contenção do incêndio que mais preocupou, em Aragão (nordeste), o que permitiu a reabertura da rodovia Madri-Barcelona.

A evolução do incêndio de Ateca "tem sido positiva nas últimas horas, com ocasionais reproduções que foram sufocadas", disse o governo de Aragão no Twitter na manhã desta quinta-feira, referindo-se ao incêndio que manteve um perímetro de 14.000 hectares e que obrigou a deslocar preventivamente cerca de 1.700 pessoas.

"O retorno dos moradores às cidades evacuadas está cada vez mais próximo, mas devemos ter cuidado", disse o presidente regional aragonês, Javier Lambán.

A rodovia A2 entre Madri e Barcelona, bloqueada desde terça-feira em um trecho perto do incêndio de Ateca, foi "reaberta ao trânsito" na manhã desta quinta, disse o governo de Aragão no Twitter, embora uma ferrovia próxima ainda esteja fechada "por precaução".

A Espanha sofreu nos últimos dias com inúmeros incêndios, alimentados por uma onda de calor que durou de 9 a 18 de julho e foi a mais extrema registrada no país, segundo dados provisórios da Agência Estatal de Meteorologia (Aemet).

Desde o início do ano, cerca de 70.000 hectares foram queimados, "quase o dobro da média da última década", segundo o presidente do governo Pedro Sánchez nesta semana.

O Sistema Europeu de Informação sobre Incêndios Florestais (EFFIS), que faz uma contabilização diferente, indicou que 2022 está sendo o pior ano em termos de incêndios, com 319 incêndios e 193.247 hectares queimados desde janeiro, já superando o recorde de todo o ano de 2012, de 255 incêndios e 189.376 hectares afetados.

O incêndio em Zamora (noroeste), um dos mais destrutivos dos últimos dias, que deixou dois mortos - um bombeiro e um pastor - foi controlado e continua "calmo e sem chamas", informaram as autoridades da região de Castilla y León.

Após uma breve trégua com a queda de temperaturas entre terça e quarta-feira, os termômetros desta quinta devem chegar aos 41 ºC na região da Extremadura (sudoeste) e os 40 ºC em Andaluzia (sul), embora grande parte do território espanhol mantenha um alerta baixo para altas temperaturas, segundo a Aemet.

du/zm/aa

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos