Skin care no verão: 4 mudanças que você deve fazer na rotina

·5 min de leitura
Verão vem aí e a pele pede mais cuidados, confira aqui o tutorial (Foto: Unsplash@fleuraimeekaan)
Verão vem aí e a pele pede mais cuidados, confira aqui o tutorial (Foto: Unsplash@fleuraimeekaan)

Se no inverno a pele fica mais seca e é hora de caprichar nos hidratantes mais densos, a oleosidade natural que aparece com a chegada dos dias mais quentes pode confundir qualquer rotina de skin care.

Não há dúvidas de que mudanças no cuidado são bem-vindas a cada estação, mas para conseguir aplicá-las de forma correta, é importante conhecer seu tipo de pele – e, idealmente, contar com a ajuda de um especialista.

Leia também

De forma geral, quando a temperatura sobe, produzimos suor e aumentamos a quantidade de sebo na pele. Se sua pele é acneica ou mesmo se você nota algumas espinhas surgindo de vez em quando, o melhor é fugir de produtos com óleo na composição. “Dê preferência para hidratantes à base de água e sérum, mas não deixe de hidratar a pele. Isso é importante porque o excesso de produtos que muitas vezes são usados para combater a acne podem ressecar a pele e criar um efeito rebote”, aconselha Giovana Moraes, dermatologista consultora da Foreo.

Sérum sérum da Foreo a base de água (Foto: Divulgação)
Sérum sérum da Foreo a base de água (Foto: Divulgação)

359 at Sephora

Mas a indicação pode mudar de acordo com cada quadro. “Se for um paciente adolescente, com muita acne, por exemplo, a indicação do produto deve ser avaliado considerando os aspectos individuais. Já para mulheres com pele mais madura, a partir dos 30 anos, recomendo caprichar em hidratantes com antioxidantes, vitamina C e vitamina E, que ajudam a combater sinais de envelhecimento”, diz Silvana Coghi, dermatologista da Rede de Hospitais São Camilo, de São Paulo.

Com oito luzes de LED, termoterapia que fornece calor à pele e crioterapia, além da tecnologia patenteada de Pulsações T-Sonic™ (que tem como meta diminuir poros e aumentar a firmeza), a UFO 2 da Foreo é uma ótima pedida para acalmar a pele no a dia a dia.

"A crioterapia é a utilização de temperaturas baixas para ajudar a pele a parecer mais elevada e firme. Esse método inflamatório ajuda a diminuir a aparência dos poros enquanto reduz o inchaço. Já a termoterapia usa o calor suave para a desobstrução dos poros, relaxamento dos músculos faciais e ajudar na infusão de ativos de máscaras faciais na superfície da pele”, explica a dermatologista Monalisa Nunes.

UFO 2 da Foreo amplia o conceito de SPA em casa (Foto: Divulgação)
UFO 2 da Foreo amplia o conceito de SPA em casa (Foto: Divulgação)

R$ 1899 at Sephora

O hidratante também é aliado para manter o bronzeado “O segredo é hidratar muito a pele! Já saio do banho no banheiro mesmo já aproveito pra passar o hidratante enquanto os poros tão abertos: sinto que absorve melhor e mais rápido o produto. Também gosto de misturar o produto com um óleo corporal para aumentar a hidratação quando sinto minha pele mais seca”, conta a influenciadora Beatriz Romano, 23, de São Paulo.

Outra prática que vale para o ano inteiro – mas deve ser ainda mais reforçada – é não esquecer do protetor solar, mesmo se for ficar dentro do carro ou em local de sombra, sem exposição direta. “Eu amo usar as opções com cor. Além de ser mais prático, no verão sigo a tendência de usar menos maquiagem. Procuro sempre por produtos que sejam oil free, o que ajuda para que a cor dure o dia inteiro”, indica Beatriz.

Protetor solar com cor (Foto: Divulgação)
Protetor solar com cor (Foto: Divulgação)

R$ 35,99 at Amazon

Cuidado com os banhos em excesso

Por vontade de se refrescar ou, às vezes, necessidade de tirar o suor, o calor faz com que algumas pessoas optem por tomar banhos durante o dia. “Para proteger a pele, a orientação é que só um dos banhos seja completo: com água, sabonete e bucha só para os pés. A duração deve ser de no máximo sete minutos. Os próximos devem ser sem produtos, ou, no máximo para higienizar áreas íntimas como axilas e genitália”, explica Coghi.

Na hora de fazer a limpeza da pele, o toque deve ser suave. “Aquela ideia de que para limpar a pele é preciso esfregar é equivocada, pois ao fazer isso em excesso acaba tirando toda a proteção cutânea”, complementa Moraes.

Faz tratamento com ácido? Fuja do sol!

Ácidos como o salicílico e o azelaico, além da vitamina C, são exemplos de substâncias seguras para manter durante o verão. Já o ácido retinóico e seus derivados, assim como a hidroquinona, usados geralmente para tratamentos de clareamento da pele ou cicatrização, devem ser suspensos se você não conseguir ficar longe do sol.

“A exposição aos raios solares pode criar novas manchas e piorar as manchas que a paciente já tem. Também podem surgir alergias, já que a pele fica mais sensibilizada pelo sol. O risco é o tratamento que a pessoa fez o ano inteiro ir por água abaixo”, adverte a dermatologista da Rede de Hospitais São Camilo.

Dicas que valem para todos

Na hora de escolher um protetor solar, as especialistas indicam certificar-se de que o produto garante proteção tanto para raios UVA quanto para raios UVB. Se sua exposição no sol é contínua, mesmo que indireta, como dentro de um carro, o ideal é a reaplicar o protetor pelo menos três vezes ao dias.

“Já se a exposição é direta, evite o sol entre 10 e 15 horas. Use óculos, chapéu, guarda-sol, camiseta – quanto mais proteção, melhor”, alerta Coghi.

Protetor solar  (Foto: Divulgação)
Protetor solar (Foto: Divulgação)

R$ 75,90 at Amazon

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos