SNS precisa de mais 200 obstetras, diz chefe da Comissão de Acompanhamento

Portugal vive uma crise sem precedentes nas urgências de ginecologia e obstetrícia, que levou recentemente à demissão da ministra Marta Temido.