Sob efeito do coronavírus, 30 milhões de americanos solicitaram seguro-desemprego nas últimas seis semanas

O Globo, com agências internacionais
·1 minuto de leitura

WASHINGTON — Na semana encerrada em 25 de abril, 3,8 milhões de trabalhadores americanos deram formalizaram seus pedidos de seguro-desemprego. Com este resultado, o número total de solicitações ao auxílio atingiu 30,3 milhões nas últimas seis semanas.

O número total representando aproximadamente 18,6% de toda a força de trabalho dos EUA. Muitas empresas do país demitiram seus funcionários diante dos impactos da pandemia de coronavírus na economia.

Depois de atingir 6,9 milhões de solicitações na última semana de março, os pedidos caíram nas últimas quatro semanas. Os analistas veem com certo tom otimista esse curva decrescente, sob a ótica de que, possivelmente, o pior já passou.