Sob sombra do Brexit, Irlanda do Norte enfrenta impasse político prolongado

Líder do DUP, Jeffrey Donaldson, concede entrevista coletiva em Belfast

Por Amanda Ferguson e Paul Sandle

BELFAST/LONDRES (Reuters) - O Partido Unionista Democrático da Irlanda do Norte (DUP) se recusou, nesta segunda-feira, a formar um novo governo de compartilhamento de poder até que as regras comerciais pós-Brexit sejam revistas, rejeitando os pedidos vindos de Londres e de Dublin para voltar ao governo.

O Sinn Fein, antiga ala política do Exército Republicano Irlandês (IRA), superou o DUP e conquistou a maioria das vagas nas eleições para a assembleia descentralizada da região britânica no final de semana, na primeira vez em que o um partido que quer deixar o Reino Unido saiu vencedor.

De acordo com os termos de um acordo de paz de 1998, que praticamente encerrou três décadas de conflitos sectários na província de controle britânico, os principais rivais nacionalistas e unionistas são obrigados a compartilhar o poder.

O DUP prometeu não participar até que Reino Unido e União Europeia concordem em suspender as barreiras comerciais entre a província e o resto do Reino Unido impostas pelo protocolo da Irlanda do Norte que sucedeu o Brexit.

O partido repetiu a posição após reunião com o ministro britânico para a Irlanda do Norte, Brandon Lewis, nesta segunda-feira.

"Nós já deixamos claro nesta manhã que, até que ele honre seu compromisso, não iremos indicar ministros ao Executivo", afirmou o líder do DUP Jeffrey Donaldson a jornalistas.

A eleição reafirmou que a maioria dos parlamentares, incluindo o Sinn Fein, são favoráveis à retenção do protocolo, que foi elaborado após o Brexit para evitar disputas no mercado comum da UE através da fronteira aberta com a Irlanda.

Embora o DUP queira que todas as barreiras comerciais sejam removidas, o Sinn Fein e outros aceitariam o afrouxamento de algumas das regras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos