Sobe para 18 o número de mortos no naufrágio em Belém do Pará

Naufrágio ocorreu na quinta-feira (8) em Belém do Pará.
Naufrágio ocorreu na quinta-feira (8) em Belém do Pará.

Chegou a 18 o número de vítimas fatais do naufrágio em Belém (PA), entre elas há três crianças, 10 mulheres e cinco homens.

Ao todo, 65 pessoas foram resgatadas com vida depois que a lancha Dona Lourdes II afundou na quinta-feira (8) nas proximidades da Ilha de Cotijuba, distrito de Belém. De acordo com as autoridades, 82 pessoas estavam no barco que partiu do porto de Camará, em Cachoeira do Arari, na ilha do Marajó. A viagem duraria 3 horas e tinha como destino a capital do estado.

A Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Estado do Estado do Pará (Arcon-Pa), afirmou que a embarcação não possuía autorização para transporte intermunicipal de passageiros. A lotação da lancha também estava acima da capacidade. As informações são do portal Metrópoles.

A empresa M. Souza Navegação, dona da lancha que naufragou, já havia sido notificada duas vezes por não ter autorização para o transporte de passageiros. A Marinha inclusive já havia apreendido uma embarcação da empresa. Apesar das punições, a empresa continuou com a prática ilegal, usando portos clandestinos para escapar da fiscalização.

A Polícia tenta localizar Marcos de Souza Oliveira, responsável pelo barco e que sobreviveu ao naufrágio. Segundo apuração do G1, Oliveira lamentou as mortes e disse que vai se apresentar às autoridades.

O Corpo de Bombeiros atua com 12 mergulhadores no local e disse que as buscas por possíveis desaparecidos continuam durante este sábado (10).

“Nós seguimos as buscas pelos desaparecidos e estamos na estratégia de movimentar a embarcação, até porque ela não se encontra encostada no fundo do rio. Isso coloca em risco a operação de mergulho porque é uma operação muito técnica que depende de algumas características do local, então nessa movimentação provavelmente outros corpos poderão ser encontrados”, explicou o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar, Cel. Hayman Souza.