Sobe para sete o número de mortos em desabamento de caverna em SP

·1 min de leitura

O Corpo de Bombeiros de São Paulo confirmou, no início da noite de hoje (31), o sétimo óbito no desabamento em uma gruta onde ocorria treinamento de bombeiros civis no município de Altinópolis, na região de Ribeirão Preto. Duas pessoas ainda permanecem desaparecidas.

Segundo a corporação, 28 pessoas participavam do curso para bombeiro civil, realizado no local pela empresa Real Life Treinamentos, quando o teto da gruta Duas Bocas caiu. Desse total, uma pessoa foi retirada ferida da caverna, duas ainda estão desaparecidas, sete morreram, e 18 saíram ilesas.

Unidades de resgate da capital paulista foram enviadas ao local, inclusive bombeiros com cães farejadores. Cerca de 75 bombeiros e 20 viaturas trabalho na operação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos