Sobrinho acusa Ricky Martin de abuso e cantor nega; 'alegação nojenta', diz advogado

O cantor Ricky Martin, que está sendo alvo de denúncias de abuso e incesto contra um sobrinho de 21 anos, negou as acusações e qualquer tipo de relacionamento romântico com o familiar. Se condenado, o artista porto-riquenho pode ter uma pena de 50 anos de prisão.

Na sexta-feira, o jornal americano TMZ informou que, segundo o irmão do artista, Eric Martin, o acusador, que entrou anonimamente com a denúncia, seria o próprio sobrinho, Dennis Yadiel Sanchez. O jovem alega ter mantido um relacionamento com o tio durante sete meses e que, após uma separação, há dois meses, Ricky Martin teria começado a persegui-lo com ligações e rondando sua casa.

'Baby one more time': Britney Spears canta single a capella: 'Não mostrava minha voz há muito tempo'

Simone e Simaria: Entenda a crise entre a dupla sertaneja

A disputa judicial levou o ex-Menudo a receber uma ordem restritiva contra ele no início deste mês, em Porto Rico. A defesa do cantor refutou as alegações, chamando-as de “falsas” e “nojentas” e afirmou ainda que o sobrinho de Martin está “lutando com profundos desafios de saúde mental”.

“Ricky Martin, é claro, nunca esteve – e nunca estaria – envolvido em qualquer tipo de relacionamento sexual ou romântico com seu sobrinho. A ideia não é apenas falsa, é nojenta.”, disse o advogado Marty Singer em comunicado à Billboard, completando: “Todos esperamos que esse homem receba a ajuda de que precisa com tanta urgência. Mas, acima de tudo, estamos ansiosos para que este caso horrível seja arquivado assim que um juiz analisar os fatos”.

O artista, casado há cinco anos com Jwan Yosef, com quem tem quatro filhos, deve ir ao tribunal na próxima quinta-feira (21), de acordo com o TMZ, onde um juiz determinará se a ordem de restrição deve permanecer em vigor ou ser encerrada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos