Socorrista pula no mar para resgatar criança imigrante na Itália; assista

Reprodução

A Guarda Costeira italiana divulgou nesta segunda-feira o vídeo de uma operação de resgate de imigrantes após um naufrágio no sábado próximo à ilha de Lampedusa , no Mediterrâneo.

Nas imagens, que rodaram as redes sociais e os jornais italianos, um especialista em resgates marítimos aparece pulando ao mar para socorrer imigrantes, entre eles uma criança de 1 ano de idade, após o barco em que estavam naufragar por conta do mau tempo.

Leia também

O socorrista, identificado apenas como Salvatore, foi elogiado pela ministra da Infraestrutura e Transportes italiana, Paola De Micheli.

"Existem pessoas como Salvatore, socorrista marítimo da Guarda Costeira, cujas ações nos levam a crer seriamente que a Itália ainda é um grande país, capaz de acolher e salvar vidas", disse a ministra em uma publicação no Twitter, na qual anexou o vídeo da operação.

No sábado, quatro embarcações da Guarda Costeira, com auxílio de um helicóptero, ajudaram a retirar 149 pessoas naufragadas, em meio ao mar revolto e fortes ondas, a cerca de 1,5 quilômetro de Lampedusa.

No total, 11 homens, 13 mulheres e três crianças foram levados ao porto da cidade. Cinco mulheres foram encontradas mortas, três no mar e duas na praia.

Os sobreviventes afirmaram que 20 pessoas ainda estão desaparecidas, disse uma fonte judicial. Os desaparecidos são de Argélia, Tunísia e Paquistão.

Operações de resgate ainda continuam, mas seguem prejudicadas pelo mau tempo, afirmou a Guarda Costeira em um comunicado.

No mês passado, a agência de refugiados da ONU , o Acnur , afirmou que mais de mil imigrantes e refugiados morreram no Mar Meditarrâneo em 2019, no sexto ano consecutivo em que esse "marco sombrio" foi alcançado. Desde 2014, mais de 18 mil pessoas perderam a vida em travessias, segundo o Acnur e a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

Do EXTRA