Soldado Gilad Shalit já está em Israel

O soldado israelense Gilad Shalit, prisioneiro do Hamas em Gaza há mais de cinco anos, foi libertado nesta terça-feira graças a um acordo de troca por 477 prisioneiros palestinos e já está em Israel, informou o segundo canal de televisão privado do país.

O estado de saúde do soldado israelense Gilad Shalit, libertado nesta terça-feira depois de cinco anos como prisioneiro na Faixa de Gaza, é bom e satisfatório, informou o Exército hebreu. "Segundo os primeiros resultados dos exames médicos que fizemos na base de Amitai (perto de Gaza), consideramos que o estado de saúde de Gilad Shalit é bom e satisfatório", afirmou o porta-voz do Exército, general Yoav Mordechai.

Alguns minutos antes, a televisão egípcia exibiu as primeiras imagens do sargento ao lado de oficiais do serviço de segurança, vestido como civil e caminhando sem dificuldades.

Em uma entrevista a um canal de televisão egípcio, Shalit afirmou esperar que sua libertação favoreça a paz. "Espero que este acordo ajude a realizar a paz entre os dois lados, Israel e Palestinos", disse, de acordo com a tradução para o árabe de suas declarações em hebraico.

Ao mesmo tempo, um comboio de ônibus com os prisioneiros palestinos que devem ser liberados chegou à passagem de fronteira de Rafah nesta terça-feira, ao mesmo tempo que a televisão egípcia exibia as primeiras imagens do soldado israelense.

Shalit, que era prisioneiro desde 2006, estava com roupas de civil e com um gorro. Ele foi escoltado por oficiais de segurança antes de retornar a Israel.

Carregando...

Siga o Yahoo Notícias