Solteiros exibem resultado negativo para Covid-19 em sites e aplicativos de relacionamento

Maioria dos solteiros está mais desanimada com o uso de apps de paquera

NOVA YORK - Solteiros estão se gabando dos resultados dos testes de anticorpos contra o coronavírus nos Estados Unidos, segundo reportagem do "New York Post". Alguns até incluem o status dos resultados dos exames em seus perfis nos sites de relacionamento, usando a possível imunidade para marcar um encontro no meio da pandemia.

– Cerca de uma semana e meia atrás, meus clientes começaram a me perguntar coisas como 'Maureen, essa pessoa com quem você me combinou, você acha que ela teve o coronavírus?' – diz Maureen Tara Nelson, uma casamenteira de Long Island que planeja perguntar a novos clientes sobre o status da Covid-19 daqui para frente. – Estamos perguntando às pessoas se elas estão confortáveis ​​em compartilhar se elas já tiveram e se gostariam de saber se a pessoa com quem elas combinam já teve o vírus".

Coronavírus: barbeiros de Michigan desafiam quarentena e oferecem cortes de cabelo no entorno do Capitólio

Maureen diz que a precaução com a saúde "mantém os clientes mais seguros e informados", mas um atestado não significa necessariamente que seja segura a prática do sexo.

A expectativa é que os os aplicativos de relacionamento também façam alguma triagem. S’More, um aplicativo de namoro fundado por um ex-executivo da Bumble, em uma parceria recentea com a empresa de tecnologia digiD8 desenvolveu recursos "para garantir que o relacionamento e a sua saúde estejam sob seu controle", de acordo com um comunicado à imprensa.

Embora um teste de anticorpos positivo possa fornecer evidências precisas de uma reação imune à Covid-19, ainda não é um passaporte de imunidade à prova de idiotas nem uma barreira à reinfecção. Assim, mesmo quando os testes se tornam mais acessíveis, os solteiros permanecem cautelosos em ligar ou até encontrar alguém, com anticorpos ou não.

Ainda assim, a conversa sobre anticorpos é algo que Breanna Locke já começou a ver nos aplicativos de namoro.

– Um cara de Hinge tentou me convencer a ir encontrá-lo dizendo que ele já tinha o vírus e se recuperou, então eu não o pegaria", disse Locke ao The Post.

No Twitter, ela chamou tática da Covid de "a nova… mentira que os homens estão dizendo para tentar transar". E ela não é a única pessoa que considera a estratégia digna de nota.

– Eu estava conversando com um cara no FaceTime, e ele tirou a máscara quando estávamos conversando. Ele ficou dizendo como tinha os anticorpos e foi testado...", disse Lauren Harkness, moradora do Hell's Kitchen, de 41 anos, ao The Post. – Ele era um pouco relaxado com seus limites e pensei: 'Ugh, não posso te conhecer. Não me sinto segura'.  Ele basicamente disse: ‘Ei, você quer se encontrar? Vivemos tão perto. '”

Harkness, que trabalha como coaching sexual, duvida que o homem tenha entendido completamente o teste que fez, embora ela admita que também não.

– Acho que ele nem sabia o que significava essa coisa toda de anticorpos – diz ela. – Ele disse que estava conversando com um médico que estava lhe dizendo que ele ainda possuía o anticorpo ou que estava ativo. Então ele me mandou uma mensagem hoje para ver se eu queria dar um passeio. Também estou confusa com a coisa de anticorpos.