Sony eleva preço do PlayStation 5 na Europa e Japão, cita pressões econômicas

Por Sam Nussey

TÓQUIO (Reuters) - A Sony anunciou nesta quinta-feira um aumento no preço do PlayStation 5 (PS5) em mercados como Europa e Japão, após pressões econômicas, incluindo o aumento das taxas de juros.

A Sony disse que está aumentando o preço da versão do console equipada com drive de disco para 549,99 euros, de 499,99 euros anteriormente na Europa, com uma elevação semelhante no Japão.

O conglomerado japonês disse que não haverá aumento de preços nos Estados Unidos, onde trava uma batalha com o Xbox, da Microsoft, que está expandindo agressivamente seu serviço de assinatura de jogos.

"Estamos vendo altas taxas de inflação global, assim como tendências cambiais adversas, impactando os consumidores e criando pressão em muitos setores", escreveu o presidente-executivo da Sony Interactive Entertainment (SIE), Jim Ryan.

Embora o aumento de preços "seja uma necessidade, dado o atual ambiente econômico global e seu impacto nos negócios da SIE, nossa principal prioridade continua sendo melhorar a situação de fornecimento do PS5", escreveu Ryan.

A Sony pretende vender 18 milhões de unidades do console no atual ano fiscal, depois de vender 11,5 milhões de unidades no ano encerrado em março.

"Embora sejam amplos, os aumentos de preços do PS5 são relativamente sutis e estão ocorrendo em mercados onde o impacto é mais sentido, com uma camada adicional de aperto proveniente da força do dólar norte-americano”, escreveu Piers Harding-Rolls, analista da Ampere Analysis.

"A Microsoft aproveitará o aumento da Sony para divulgar sua mensagem de 'valor'", acrescentou Harding-Rolls.