Sophie Charlotte volta à TV após um ano dedicado à maternidade

CRIS VERONEZ

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Após um período de entrega à maternidade, Sophie Charlotte, 27, está de volta à TV. Ao lado do marido, Daniel de Oliveira, 39, ela faz parte do elenco da nova novela das 23h da Globo, "Os Dias Eram Assim", que estreou em 17 de abril.

"O Otto já está com um ano e buscando a independência dele. É claro que não é a coisa mais simples do mundo voltar a trabalhar, mas é o que eu amo fazer. É uma forma bonita de mostrar pra ele que eu tenho minha carreira, meu trabalho. Acho que todas as mulheres que têm filho passam por esse momento", diz a atriz, que conta com a ajuda da mãe, da sogra e da babá para cuidar do filho enquanto ela grava.

Na trama, Sophie interpreta Alice, uma estudante de letras questionadora e libertária. Namorada do mimado e manipulador Vitor (Daniel de Oliveira), ela acaba se apaixonando perdidamente por Renato (Renato Góes).

Para a atriz, o novo trabalho é um grande desafio, principalmente porque sua personagem passa por uma metamorfose durante a trama. A história de Alice é contada dos 18 aos 30 anos.

"Tenho que mostrar o amadurecimento e o empoderamento dessa personagem. Acho que realmente a gente aprende muito com o passar dos anos, e isso é maravilhoso", diz Sophie, que precisou colocar um aplique nos cabelos para o papel.

"Claro que o frescor da juventude é lindo de se ver, mas a forma como a gente muda nossos pensamentos, nossos posicionamentos, como a gente se reinventa, isso me interessa muito como atriz", acrescenta.

Sobre contracenar com o marido, ela diz que tem sido "o máximo". "Ele é um grande ator, é o meu amor e é fácil. A gente se admira e se respeita muito e isso é fundamental para fazer certas cenas mais complicadas."

Em "Os Dias Eram Assim", Alice e Renato acabarão se separando e se reencontrarão anos depois.

Romântica, Sophie acredita que uma história como a da Alice e Renato poderia acontecer de verdade. "Eu creio no amor, na paixão. Eu vivo isso. Acho lindo o encontro. Reencontro então, que já fica aquela paixão acumulada..."