Sorvetes, drinks e chope grátis são apostas para estimular vacinação

·6 minuto de leitura

RIO DE JANEIRO, RJ, CONSELHEIRO LAFAIETE, MG, PORTO ALEGRE, RS, CURITIBA, PR, SALVADOR, BA, E RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - Para estimular a vacinação e atrair clientes, bares de todo o país estão oferecendo bebidas, comida oriental e até batata frita grátis ou descontos aos consumidores que comprovarem a imunização contra a Covid-19.

Em capitais como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Salvador, Curitiba e Porto Alegre, os descontos ou brindes normalmente têm sido maiores para quem completou o ciclo vacinal, e incluem drinques especiais, chope de graça, uma bebida grátis na compra de outra e descontos em rodízios e pizzas.

As promoções, porém, não têm se limitado ao setor de bares e restaurantes. Até salões de beleza, sorveteria, curso de inglês e agências de turismo com promoções para quem comprovar a vacinação contra o novo coronavírus.

No Rio, quem apresenta carteira de vacinação no Bhar! Ginteria Descolada, que tem duas unidades na zona norte, ganha um drinque especial chamado "Dia D, Hora H", feito de gim, mel e soda artesanal de limão e laranja.

"A gente acredita que a única forma eficaz de retomar o comércio é com o avanço da vacinação. Não acredito em outra maneira de as pessoas voltarem", disse o sócio Mozart Jardim, 32.

A partir de quarta (15), a prefeitura começará a exigir comprovante de vacinação para a entrada em locais de uso coletivo. Ao enunciar a medida, o prefeito Eduardo Paes (PSD) disse que o objetivo é criar um ambiente difícil para quem não quer se vacinar.

A comerciante Viviane Cohen Schvartz, 37, criou uma promoção no Peixoto Sushi Bar, no qual é proprietária.

Quem tomou a primeira dose da vacina tem direito a um harumaki de legumes e quem recebeu a segunda ganha um harumaki doce. A promoção funciona de terça a quinta e é válida para compras de combinados acima de 40 peças.

"Não adianta eu tomar a vacina se você não se vacinar. Se você vai estar em um lugar fechado e público, mais pessoas devem estar minimamente vacinadas", disse. Houve aumento na procura, diz, após a promoção.

Em Belo Horizonte, o bar Laicos, na Savassi, desde agosto, de terça a quinta, oferece um chope gratuito a todas as pessoas que se vacinaram.

"Essa coisa da vacinação é um pouco política, também. E a gente queria mostrar o nosso apoio a quem realmente está indo lá e se vacinando", disse Marco Panerai, dono do bar.

Na rede Mr. Hoppy, até a última quinta-feira (9), foi distribuído chopes gratuitos para as pessoas que se vacinaram. A ação ocorreu nas terças, quartas e quintas nas duas primeiras semanas de setembro.

"O objetivo é incentivar a vacinação e premiar as pessoas que têm a consciência de se vacinarem. Para o nosso setor, essa é a única forma de retomar totalmente as atividades e de as pessoas se sentirem mais seguras para voltar a frequentar bares e restaurantes", afirmou Rafael Marra, dono do estabelecimento no bairro Prado.

Quem tem 18 anos ou mais e recebeu a vacina pode escolher um drinque grátis no cardápio de referências a séries como Breaking Bad, La Casa de Papel ou Game of Thrones nas filiais do bar Spoiler, em Porto Alegre e São Paulo.

No Spolier gaúcho, quem mostra a carteira de vacinação na compra de um drinque, até 20h30, ganha o segundo.

"A ideia surgiu porque começamos a ler notícias de que o pessoal não estava indo se vacinar. Criamos a campanha com o intuito de incentivar a vacinação, para a gente poder voltar a sair, encontrar quem a gente gosta, mas em segurança", conta a co-fundadora do bar, Taiane Panizzi, 29.

Também na capital gaúcha, quem chega com a carteira de vacinação no Butcher Pizza Bar ganha, desde julho, um chope entre terça e quinta.

"Recebemos uma resposta muito calorosa de clientes e novos clientes parabenizando a atitude, bem como muitos empresários aderindo ao mesmo movimento", disse Viviane Ruskowski, 36, uma das sócias.

No Paraná, estabelecimentos de diferentes setores de Curitiba criaram campanhas promocionais.

"Para o nosso setor é muito importante, a gente sofreu demais, não só economicamente, mas emocionalmente, e foi muito importante contribuir com a população com esse engajamento", afirmou Lorenzo Madalosso, do restaurante Família Madalosso.

Durante dois meses, clientes que comprovassem terem tomado uma dose da vacina, ganhavam 10% de desconto no rodízio. Para quem garantisse a imunização completa, a redução na conta era de 20%.

Os mesmos percentuais de desconto para vacinados foram implantados no Armazém Colônia Forneria & Pizzaria, que continua com a promoção de segunda a quarta. "A campanha ajuda a incentivar quem tem um tipo de dúvida com relação à vacina a que tomasse essa vacina e ficasse imunizado. Acredito que a gente fez a nossa parte", disse Mauro Sfair, dono da empresa.

Já na rede de salões de beleza Expert Beauty Center, a comprovação de imunização completa garante ao cliente uma hidratação capilar na compra de um corte.

Estabelecimentos fora do circuito de bares e restaurantes também oferecem descontos em Salvador. Além de bares, pizzarias e lanchonetes, curso de inglês e até agência de passeio turístico fizeram promoções para incentivar a vacinação.

Uma das primeiras empresas a aderir a ação foi a pizzaria Premier, no bairro do Cabula, que iniciou campanha em suas redes sociais para mobilizar outras empresas a darem descontos mediante a apresentação do cartão de vacinação.

Desde a primeira quinzena de julho, a pizzaria oferece desconto de R$ 15 nos pedidos acima de R$ 50 feitos por pessoas que comprovem ter tomado as duas doses.

"Decidimos atrelar a promoção às duas doses porque percebemos que tinha muita gente que não estava tomando as duas", afirmou Maíra Brito, 29, proprietária da pizzaria.

A promoção fez crescer em 20% o número de pedidos de segunda a sexta, dias em que a promoção é válida.

Outras empresas seguiram na mesma linha oferecendo pizzas individuais grátis, descontos em batatas recheadas e batata frita grátis para quem apresentasse o cartão.

O Hype Bar, no bairro da Pituba, foi além e limitou o acesso ao bar só para pessoas que comprovarem ter tomado ao menos a primeira dose da vacina. A medida foi adotada a despeito de a prefeitura não ter implantado a exigência de passaporte de vacinação para acesso a bares e restaurantes.

Já uma marca de sorvetes, a Rochinha, lançou uma promoção aos vacinados: quem apresentar a carteirinha com a primeira ou segunda dose ganha uma bola de sorvete em um dos sabores de frutas da mata atlântica, uvaia ou cambuci.

A promoção, que segue até 24 de setembro, vale em todas as lojas da capital paulista, em lojas selecionadas da marca no litoral norte, em Itapema (SC), Matinhos e Guaratuba (ambas no PR).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos