SP é o 1º estado a ter mais de 70% da população com vacinação completa

·2 min de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 18.02.2021 - Após diversos casos de problemas na vacinação de idosos contra a Covid-19, os profissionais da saúde que fazem aplicação de vacina relatam que tiveram de mudar a estratégia de trabalho, mostrando passo-a-passo o preparo da seringa e a aplicação e permitindo que tenham o trabalho filmado por parentes dos imunizados. Esses procedimentos estão sendo adotados no posto de vacinação por drive-thru na praça Charles Muller, no Pacaembu, em São Paulo. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 18.02.2021 - Após diversos casos de problemas na vacinação de idosos contra a Covid-19, os profissionais da saúde que fazem aplicação de vacina relatam que tiveram de mudar a estratégia de trabalho, mostrando passo-a-passo o preparo da seringa e a aplicação e permitindo que tenham o trabalho filmado por parentes dos imunizados. Esses procedimentos estão sendo adotados no posto de vacinação por drive-thru na praça Charles Muller, no Pacaembu, em São Paulo. (Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - São Paulo é o primeiro estado do país a atingir mais de 70% da população com vacinação completa contra a Covid-19.

Na manhã desta quarta (10), o estado atingiu 70,96% da população nessa situação, o que representa 32,8 milhões de pessoas que tomaram as duas doses da vacina ou o imunizante de dose única. Os dados são da Secretaria Estadual de Saúde.

No país, o índice de pessoas totalmente imunizadas é de 56,52%, mais de 120 milhões de brasileiros. Com apenas a primeira dose, o país chega ao índice de 73,28%.

São Paulo é hoje o líder em vacinação em todo território brasileiro, tanto em porcentagem da população vacinada quanto em pessoas com pelo menos uma dose dos imunizantes.

Depois de São Paulo, Mato Grosso do Sul é o estado com a segunda maior cobertura vacinal, com índice de 65,29%. Em seguida, está o Rio Grande do Sul, com 62,43%.

Considerando apenas a população paulista acima de 18 anos, esta taxa sobe para 90,11%.

A Folha de S.Paulo mostrou que a imunização em São Paulo tem sido tão eficiente quanto em países ricos com alta cobertura vacinal. O estado já ultrapassou países como Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos.

O aumento da cobertura vacinal vem acompanhado da queda dos indicadores da pandemia. Nesta segunda (8), pela primeira vez desde o começo da pandemia , o estado de São Paulo não registrou nenhuma morte por coronavírus.

Os dados ainda podem ser revistos, já que nos finais de semana as notificações de óbitos costumam ficar represadas: os municípios registram as mortes no sistema Sivep-Gripe aos domingos e por isso os dados estão sempre abaixo da média semanal.

No auge da epidemia no estado, SP chegou a registrar 1.389 mortes em um único dia, 6 de abril.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos