SP faz doação de 400 mil doses de vacina da gripe para o RJ durante surto da doença

·2 min de leitura
Brazil's Sao Paulo state governor Joao Doria greets director of Instituto Butantan Dimas Tadeu Covas after a news conference about China's Sinovac, a potential vaccine against the coronavirus disease (COVID-19), at Instituto Butantan in Sao Paulo, Brazil November 9, 2020. REUTERS/Amanda Perobelli
Vacinas contra a gripe são produzidas pelo Instituto Butantan (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
  • Estado de São Paulo vai doar 400 mil doses da vacina contra a gripe para a cidade do Rio de Janeiro

  • Cidade enfrenta um surto de gripe e também tem falta de vacinas

  • Instituto Butantan, que produz o imunizante, ofereceu 3,4 milhões de doses da vacina ao Ministério da Saúde, que não respondeu

A cidade do Rio de Janeiro enfrenta um surto de gripe e também uma escassez de doses de vacinas contra a doença. Nesta quarta-feira (8), o estado de São Paulo anunciou a doação de 400 mil doses do imunizante, produzido pelo Instituto Butantan, para a cidade. 

"Uma boa notícia para os cariocas, uma boa notícias par ao meu amigo, o prefeito Eduardo Paes, da cidade do Rio de janeiro, que receberá nesta sexta-feira, gratuitamente, 400 mil doses doadas pelo Instituto Butantan, pelo governo de São Paulo para o programa de imunização contra a influenza, contra a gripe, já que a cidade do Rio de Janeiro vive um surto momentâneo e precisa da vacina. E aqui nós estamos para sermos solidários e ajudarmos os nossos irmãos do Rio de Janeiro", declarou o governador paulista, João Doria (PSDB). 

Ao comentar o assunto, Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, afirmou que o surto de gripe no Rio de Janeiro já dura cerca de um mês. Por isso, o secretária municipal de Saúde, Daniel Soranz, pediu informações sobre as doses disponíveis da vacina de influenza no Butantan. Covas relatou que ofereceu 3,4 milhões de doses do imunizante ao Ministério da Saúde, com o objetivo de atnede ro Rio de Janeiro e outras cidades. 

"O Daniel foi atrás dessa informação, mas não conseguiu, o Ministério não se pronunciou, não nos respondeu em relação a estas doses", revelou Dimas Covas. Na última terça (7), então, Soranz pediu diretamente ao Butantan um repasse de vacinas. A doação está sendo formalizada e as doses chegarão ao Rio de Janeiro até sexta. 

Covas ainda lembrou que o Instituto Butantan é o maior produtor de vacinas contra a gripe da América do Sul. Em 2021, foram entregues 80 milhões de doses ao governo federal. Ainda há o contingente adicional de 3,4 milhões de doses. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos