SP orienta sepultamentos sem realização de velório

Suzana Correa *
(Foto: Divulgação)

SÃO PAULO - O registro de 31 mortes de pessoas em São Paulo com o novo coronavírus já fez com que a prefeitura da cidade alterasse a dinâmica de sepultamentos e velórios na capital. A orientação é que as vítimas sejam enterradas sem que haja velório. Caso os familiares decidam por realizar o ato, deve durar apenas uma hora e poderá reunir, no máximo, dez pessoas.

Os velórios noturnos foram cancelados. Mesmo vítimas fatais por casos suspeitos de Covid-19 devem ter oa caixões lacrados e, se preciso, velados em salas específicas.

Leia também

As medidas seguem as regras estabelecidas pelo decreto municipal nº 59.283/20, que estabeleceu situação de emergência na capital paulista em 16 de março.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Ainda segundo a prefeitura, os funcionários de velórios e cemitérios devem seguir os protocolos de manejo de vítimas da doença estabelecidos pelo Ministério da Saúde: óculos, luvas e roupas apropriadas devem ser adotadas pelos profissionais. (* Estagiária, com supervisão de O GLOBO)