SP prevê vacinar crianças contra Covid a partir de segunda (17)

·3 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 01.12.2021 - Enfermeira prepara vacina contra a Covid-19 durante campanha de vacinação em moradores em situação de rua em São Paulo. (Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 01.12.2021 - Enfermeira prepara vacina contra a Covid-19 durante campanha de vacinação em moradores em situação de rua em São Paulo. (Foto: Jardiel Carvalho/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de São Paulo planeja começar a vacinação de crianças de 11 anos contra a Covid-19 na próxima segunda-feira (17), mas teme que o número de doses disponibilizadas seja insuficiente para o início.

Segundo o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, a chegada das primeiras doses na capital é esperada para o fim da tarde ou começo da noite desta sexta-feira (14).

O Brasil recebeu na madrugada desta quinta-feira (13) o primeiro lote de vacinas pediátricas contra a Covid. A carga com 1,2 milhão de doses de imunizantes da Pfizer chegou ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), às 4h38, e foi transferida para Guarulhos, na Grande São Paulo.

A distribuição das doses começa nesta quinta, de acordo com o critério populacional, ou seja, será proporcional à população de crianças em cada estado e no Distrito Federal.

Segundo o titular da pasta da Saúde na capital paulista, a expectativa é que a prefeitura distribua as doses pediátricas no sábado (15) para cerca de 700 pontos de vacinação espalhados pela cidade para o início da imunização na segunda.

"Vamos fazer o que será possível ser feito, pois pelos critérios de densidade populacional dessa faixa, a cidade receberia 60 mil doses e são cerca de 167 mil crianças com 11 anos", afirma Aparecido. Ao todo, diz, a cidade de São Paulo tem cerca de 1,35 milhão de crianças de 5 a 11 anos que podem ser vacinadas contra o novo coronavírus.

A vacinação será por idade em ordem decrescente, como aconteceu com os adultos. O secretário afirma que não deverá haver divisão entre crianças que têm comorbidades e as demais.

"Teremos mais precisão de como será a vacinação amanhã [sexta] à tarde, quando as vacinas chegarem", diz.

Questionados sobre quantas doses a cidade de São Paulo deverá receber neste início de vacinação de crianças, o governo estadual e o Ministério da Saúde não responderam até a publicação desta reportagem.

No estado de São Paulo, o pré-cadastro para vacinação do público infantil já pode ser feito no site Vacina Já. A estimativa é que 4,3 milhões de crianças comecem a ser vacinadas assim que as doses forem liberadas pelo Ministério da Saúde.

O pré-cadastro é opcional e não funciona como agendamento, mas agiliza o atendimento nos locais de imunização.

No estado, a vacinação das crianças será realizada em 5.000 pontos de vacinação, além de 268 escolas públicas estaduais.

Segundo o governo estadual, 84% dos responsáveis pretendem vacinar crianças em São Paulo. Os dados, segundo a gestão João Doria (PSDB), são de uma pesquisa da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados) e foram apresentados na última segunda-feira (10).

Ao todo, 85,5 milhões de doses de vacina contra Covid-19 já foram aplicadas no estado de São Paulo. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, 85,5% dos adultos já receberam ao menos duas doses. No caso de adolescentes de 12 a 17 anos, 80% estão com a imunização completa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos