SP: Profissionais da saúde vacinados há pelo menos 6 meses podem se inscrever na xepa para dose de reforço

·3 minuto de leitura
SAO PAULO, BRAZIL - JANUARY 20: Health professionals are being vaccinated in the Hospital das Clinicas, Faculty of Medicine, University of Sao Paulo, in Brazil on January 20, 2021. The operation has a space of 1 thousand square meters, 30 vaccination stations and 12 hours daily, from 7 am to 7 pm for everyone to receive the first dose of the compound. (Photo by Cris Faga/Anadolu Agency via Getty Images)
Profissionais da saúde agora podem se inscrever na xepa para receber dose adicional da vacina contra a covid-19 (Foto: Cris Faga/Anadolu Agency via Getty Images)
  • Na cidade de SP, profissionais da saúde vacinados com duas doses (ou dose única) podem se inscrever na xepa para receber dose adicional

  • É preciso apresentar comprovante de vínculo empregatício na cidade

  • Também podem se inscrever na xepa idosos com mais de 60 anos e pessoas que queiram adiantar a segunda dose

A partir desta quinta-feira (23), profissionais da saúde da cidade de São Paulo com mais de 18 anos que tenham se vacinado (com segunda dose ou dose única) há pelo menos seis meses podem se inscrever na xepa da vacina para receber a dose de reforço do imunizante contra a covid-19. 

As inscrições podem ser feitas em qualquer Unidade Básica de Saúde da capital paulista e, caso haja doses remanescentes, os profissionais de saúde serão chamados para tomarem a dose adicional. Em São Paulo, as doses de reforço aplicadas não tem fabricante específico, mas são aquelas que estão disponíveis nos postos de saúde.

Leia também:

Para poderem se inscrever na xepa, os profissionais da saúde precisam apresentar algum dos seguintes documentos: 

  • Comprovante de vínculo empregatício em serviço de saúde do município de São Paulo

  • Documento de conselho de classe

  • Comprovante de profissão

  • Certificado ou diploma

Além disso, também podem se inscrever na xepa dois outros grupos: idosos com mais de 60 anos também, caso já tenham terminado o ciclo vacinal há pelo menos seis meses, e pessoas que tomaram a primeira dose e querem tentar adiantas e segunda. 

Para isso, é preciso apresentar comprovante de residência da cidade de São Paulo. A aplicação das doses remanescentes está sujeita à disponibilidade de vacinas no fim do dia em cada UBS.

Atualmente, a capital paulista está imunizando qualquer morador da cidade com mais de 12 anos e está aplicando a dose adicional em idosos com mais de 80 anos que tenham se vacinado há pelo menos seis meses. 

Veja onde se vacinar na cidade de São Paulo: 

  • Mega drive-thrus e Farmácias: vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 8h às 17h.

  • Megapostos: vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 8h às 17h.

  • Unidades Básicas de Saúde (UBSs): vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 7h às 19h.

  • AMAs/UBSs Integradas: vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 7h às 19h.

Antecipação da segunda dose da Pfizer

A partir da próxima sexta-feira (24), o estado de São Paulo vai diminuir o período entre as doses da vacinação com o imunizante da Pfizer. Antes, era necessário esperar 12 semanas. A partir de sexta, o intervalo será de 8 semanas.

Quem tiver tomado o imunizante poderá procurar qualquer posto de vacinação para tomar a segunda dose oito semanas após a aplicação da primeira dose, independentemente da data.

"O governo de São Paulo antecipa de 12 semanas para 8 semanas a aplicação da segunda dose da vacina da Pfizer. Essa medida vale a partir de sexta-feira, dia 24. E quem já recebeu a primeira dose desse imunizante poderá concluir seu esquema vacinal quatro semanas antes do prazo inicialmente indicado na sua carteira de vacinação", explicou Regiane de Paula, coordenadora do Plano Estadual de Imunização.

"Cerca de 2 milhões de doses estão sendo encaminhadas para os 645 municípios para que a gente possa, então, fazer essa antecipação", explicou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos