SP reduz para oito semanas intervalo de aplicação entre doses da vacina da Pfizer

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO — O estado de São Paulo vai reduzir de 12 semanas para oito o intervalo entre as duas doses da vacina Pfizer. O anúncio foi feito nesta quarta-feira pelo governo estadual, e medida passa a valer a partir desta sexta-feira (24).

A cobrança pela antecipação da segunda dose acontecia desde o mês passado, e tinha o aval do Ministério da Saúde. O governo estadual, porém, condicionava a antecipação à disponibilidade de remessas enviadas pelo governo federal.

Segundo a coordenadora do Programa Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula, as pessoas que já receberam a primeira dose da vacina da Pfizer poderão concluir o esquema vacinal quatro semanas antes do prazo indicado na carteira de vacinação.

Ela afirmou que dois milhões de doses do imunizante serão encaminhados aos 645 municípios do estado para que possam fazer a antecipação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos