SP registra terceiro caso da variante Ômicron no Brasil

·2 min de leitura
Guarulhos Airport - Sao Paulo - Brazil, November 16, 2019: Boarding area at Terminal 2 of Guarulhos International Airport - São Paulo, Brazil.
Passageiro chegou da Etiópia ao Brasil no dia 27 de novembro e está assintomático (Foto: Getty Images)
  • Estado de SP registra terceiro caso da variante Ômicron

  • Homem chegou da Etiópia ao Brasil no dia 27

  • Residente da cidade de Guarulhos, ele estava vacinado com duas doses da Pfizer e está assintomático

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo confirmou mais um caso da variante Ômicron nesta quarta-feira (1º). É o terceiro caso identificado no estado e também no país.

O passageiro saiu da Etiópia e chegou ao Brasil no último sábado (27), no Aeroporto Internacional de Guarulhos. No mesmo dia, ele testou positivo para a covid-19. A amostra foi sequenciada pelo Instituto Adolfo Lutz, confirmando que se tratava da nova variante.

À TV Globo, a Secretaria informou que o homem tem 29 anos e foi testado no aeroporto, mesmo sem apresentar sintomas. Ele já estava vacinado com duas doses do imunizante da Pfizer.

Agora, o homem está em isolamento domiciliar e é acompanhado pela vigilância do município de Guarulhos, onde mora.

Outros dois casos

O casal de brasileiros infectados pela Ômicron, nova variante da Covid-19, foi imunizado com a vacina de dose única da Janssen, na África do Sul. A informação foi confirmada pelo secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, em entrevista à GloboNews. Na última terça-feira, agentes da Vigilância Sanitária estiveram com o casal e confirmaram a imunização com uma dose do imunizante da Janssen. Eles estão assintomáticos.

Os dois brasileiros estão na capital paulista, na casa de parentes, e seguem isolados.

A agência informou que exames preliminares feitos pelo laboratório Albert Einstein comprovaram a presença da variante Ômicron em testes de dois brasileiros — um homem e uma mulher — vindos da África do Sul, que desembarcaram no Aeroporto de Guarulhos no dia 23 de novembro.

O casal, isolado em uma residência na capital, é acompanhado pela SMS (Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio da Covisa (Coordenadoria de Vigilância em Saúde). Os dois residem na África do Sul e estão em visita ao Brasil, e apresentam sintomas leves da doença, segundo a prefeitura.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos