SP terá volta de shows e público nos estádios a partir de novembro

·2 minuto de leitura
Sao Paulo's Governor Joao Doria flashes the victory sign as he and former Brazilian President (1995-2003) Fernando Henrique Cardoso take part in an event in defence of life and to promote the importance of the vaccine against the novel coronavirus COVID-19, at Bandeirantes Palace in Sao Paulo, Brazil, on January 25, 2021. (Photo by Nelson ALMEIDA / AFP) (Photo by NELSON ALMEIDA/AFP via Getty Images)
Governador João Doria anunciou novas etapas da reabertura do estado de São Paulo (Foto: Nelson Almeida/AFP via Getty Images)
  • São Paulo anunciou novas etapas do plano de flexibilização, uma em 17 de agosto e outra a partir de novembro

  • Em agosto, poderão ser retomados eventos sociais, museus e feiras corporativas

  • Em novembro, SP vai retomar os show e eventos esportivos com público. Máscaras serão obrigatórias

Nesta quarta-feira (04), o governo de São Paulo anunciou novas etapas do plano de flexibilização. A primeira etapa começa em 17 de agosto, enquanto a maior retomada acontecerá em 1º de novembro, quando poderão acontecer shows no estado e os estádios poderão voltar a receber público.

17 de agosto

Estão liberados eventos sociais, museus e feiras corporativas com controle de público, desde que não gerem aglomerações e sigam os protocolos de saúde. Até esta data, a expectativa do governo é que toda a população adulta de São Paulo já possa tomar a primeira dose da vacina e que a adesão seja de 90%.

Leia também

É obrigatório o uso de máscara e a manutenção de um metro de distância entre as pessoas. Shows com público em pé, torcidas e pistas de dança estão proibidas.

“O grande salto do dia 17 de agosto é a retirada da restrição de horário, porque isso vai permitir que restaurantes funcionem, que eventos sociais sejam planejados, que as pessoas possam celebrar, que os donos desses tipos de estabelecimentos possam ter planejamento de seus negócios, mas com segurança”, explicou Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico.

1º de novembro

Liberação de todos os tipos de eventos com controle de público, incluindo shows em pé, torcidas e pistas de dança. Eventos e show sem controle de público vão continuar proibidos.

As máscaras serão obrigatórias. O governo do estado espera que, até 1º de novembro, 90% da população adulta esteja vacinada com as duas doses.

“Os eventos passam a ser permitidos em um modelo onde não há restrição de ocupação, mas permanece a restrição de distanciamento. Então, o cálculo de ocupação precisa ser realizado, porque não pode haver aglomeração e as pessoas precisam estar distanciadas. O uso de máscaras permanece”, disse Patrícia Ellen.

“Todos os eventos que geram aglomerações não estão liberados, ou mesmo risco de aglomerações”, afirmou a secretária.

Veja como está previsto o calendário no estado de São Paulo:

  • 30 de julho a 4 de agosto: 28 e 29 anos

  • 5 a 9 de agosto: 25 e 27 anos

  • 10 a 16 de agosto: 18 a 24 anos

  • 18 a 29 de agosto: 12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas

  • 30 de agosto a 5 de setembro: 15 a 17 anos

  • 6 a 12 de setembro: 12 a 14 anos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos