SP vai pedir à Anvisa autorização para vacinar crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19

·2 min de leitura
A health worker prepares a jab of the Pfizer-BioNtech Covid-19 vaccine at the Cau Hansen's Event Center, located in the city of Joinville, state of Santa Catarina, Brazil, on August 27, 2021. - Adults in Joinville get the shot of the COVID-19 vaccine in the upper part of their buttocks since the beginning of the campaign in January, but a picture of a resident being inoculated made the practise viral, which the local authority justifies for giving less adverse reactions. (Photo by Carlos  JUNIOR / AFP) (Photo by CARLOS  JUNIOR/AFP via Getty Images)
Atualmente, vacina da Pfizer está sendo aplicada em jovens a partir de 12 anos no Brasil (Foto: CARLOS JUNIOR/AFP via Getty Images)
  • Governo de SP vai pedir à Anvisa que autorize com urgência vacinação de crianças de 5 a 11 anos com imunizante da Pfizer

  • Estado teria condição de começar a vacinar crianças desta faixa etária imediatamente

  • EUA já aprovaram uso da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos

O estado de São Paulo vai pedir à Agência Nacional de Vigilância Sanitária que autorize com urgência a vacinação para crianças de 5 a 11 anos com o imunizante da Pfizer. Segundo o governador João Doria (PSDB), o pedido será feito ainda nesta quarta-feira (3). Atualmente, o Brasil está vacinando jovens a partir de 12 anos. 

De acordo com a coordenadora do Plano Estadual de Imunização, Regiane de Paula, nesta quarta ocorreu uma reunião do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). "Todos os estados estavam presentes. E é uma unanimidade a necessidade de fazer a vacinação da população de 5 a 11 anos", afirmou. Nos Estados Unidos, a aprovação já foi dada pelos órgãos responsáveis e a previsão é que a imunização comece ainda esta semana no país norte-americano. 

"A Anvisa deve receber nos próximos dias uma solicitação da Pfizer, para que ela possa aprovar essa vacina para essa população", explicou. "Então, o estado de São Paulo mais uma vez de antecipa, solicitando à Anvisa a urgência para que a gente possa ter essa aprovação." 

Segundo Regiane de Paula, o estado de São Paulo tem condições de começar o processo de vacinação de crianças de a 5 a 11 anos a partir do momento em que a imunização for aprovada. 

No último dia 22, a Pfizer informou que a vacina é segura para crianças entre 5 e 11 anos e tem eficácia de 90,7%. O estudo acompanhou 2.268 crianças que receberam duas doses da vacina ou placebo, com três semanas de intervalo entre as doses. Os resultados mostram que, entre as crianças que tomaram placebo, 16 pegaram a covid-19, enquanto entre as vacinadas, apenas 3 foram infectadas.

Aprovação de uso da vacina nos EUA 

Na última terça-feira (2), o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos aprovou a aplicação da vacina da Pfizer contra a covid-19 em crianças entre 5 e 11 anos. Agora, a expectativa é que este grupo comece a ser imunizado ainda esta semana.

Cerca de 28 milhões de crianças devem ser vacinadas nos Estados Unidos, segundo nota divulgada no site do CDC. A aplicação da vacina da Pfizer em crianças já havia sido aprovada pela agência reguladora norte-americana, o FDA, na última sexta-feira (29).

“O CDC agora expande a recomendação de vacinação para cerca de 28 milhões de crianças nesta faixa etária nos Estados Unidos e permite que os distribuidores comecem a vaciná-las o mais rápido possível”, informou o órgão.

Na votação no FDA, a decisão foi unânime, com exceção de um especialista, que se absteve. Segundo o órgão, os benefícios da vacinação de crianças são maiores do que eventuais riscos. A dose ministrada em crianças corresponde a um terço daquela aplicada em adultos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos