SpaceX: Empresa de Elon Musk irá oferecer internet no Brasil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX (Hannibal Hanschke/Pool Photo via AP, File)
Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX (Hannibal Hanschke/Pool Photo via AP, File)
  • Objetivo é levar internet à regiões mais remotas do país;

  • Empresa de Elon Musk tem satélites orbitando a uma altura de apenas 550 km;

  • No entanto, SpaceX não poderá oferecer internet diretamente ao consumidor final.

Nesta sexta-feira (28), A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) emitiu a autorização para a SpaceX, empresa de Elon Musk, operar seu serviço de internet via satélite no Brasil.

O programa da SpaceX, chamado Starlink, opera satélites em baixa órbita. Dessa forma ele é capaz de oferecer tempos de latência (tempo de envio e recebimento de dados dos aparelhos), muito menor do que com os satélites normais, que estão em órbita geoestacionária.

No geral, os satélites geoestacionários estão orbitando o planeta a uma altura de 35 mil quilômetros de altitude. Já os satélites da Starlink estão bem mais próximos, a aproximadamente 550 quilômetros de altitude.

A empresa conseguiu direitos para explorar esse ativo até 2027. A agência antes havia pensado em conceder os direitos até 2033. No entanto, devido ao caráter pioneiro da tecnologia, ainda não se sabe que tipo de impactos ela pode ter.

O objetivo da autorização emitida pela agência reguladora é levar a internet para áreas rurais e remotas, onde ela não costuma chegar.

"É do interesse da empresa o provimento do acesso à internet para clientes distribuídos em todo o território brasileiro, o que certamente será bastante oportuno para escolas, hospitais e outros estabelecimentos localizados em áreas rurais e remotas", afirmou o conselheiro e presidente interino da Anatel, Emmanoel Campelo.

A oferta do serviço, no entanto, só poderá ser realizada por empresas que contratem a rede Starlink. Isto porque a empresa ainda não tem autorização para oferecer a internet diretamente para os consumidores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos