SpaceX diz que foguete Starship pode voar para marte já em 2024

Danielle Cassita
·2 minuto de leitura

As missões da SpaceX para Marte não parecem estar tão distantes, e o tempo para essa empreitada deve ser curto: de acordo com informações que Elon Musk deu durante uma entrevista na International Mars Society Convention, sua empresa está trabalhando para lançar uma primeira missão não tripulada rumo ao Planeta Vermelho em 2024, aproveitando uma janela ideal de lançamentos para Marte.

Para isso, Musk explicou que seria necessário “conseguir usar a segunda janela de transferência de Marte”. A janela à que ele se refere é o momento em que a Terra e Marte estão mais próximos um do outro, e essa oportunidade ocorre a cada 26 meses — a deste ano foi usada pela NASA, China e Emirados Árabes Unidos para lançar missões para lá. Então, a próxima janela acontece em 2022, e Musk se referiu à oportunidade de 2024.

Como a SpaceX planeja levar e trazer humanos e cargas para Marte com o Starship (Imagem: Reprodução/SpaceX)
Como a SpaceX planeja levar e trazer humanos e cargas para Marte com o Starship (Imagem: Reprodução/SpaceX)

A missão será lançada em um Starship, um novo e poderoso veículo reutilizável que é uma mistura de foguete e espaçonave. Diversos testes já foram realizados com protótipos variados em voos breves, e o próximo teste será feito com o protótipo SN8, que poderá alcançar cerca de 15 km de altitude. Assim, a ideia é que o Starship esteja pronto em 2023, e Musk está ciente que haverá perdas no caminho: “provavelmente vamos perder algumas naves”, disse em resposta a uma pergunta sobre o desenvolvimento do foguete.

Se, de fato, as projeções do CEO estiverem corretas, sua primeira missão para o Planeta Vermelho seria lançada no mesmo ano em que os astronautas da NASA voltariam para a Lua sob o programa Artemis. A ideia do programa é estabelecer a presença humana sustentável em nosso satélite natural e, se tudo correr bem, serão realizadas missões análogas a Marte usando a vindoura estação Gateway como pit-stop no meio do caminho. Entretanto, Musk é conhecido por prazos bastante ambiciosos em seus projetos, tanto que Robert Zubrin, presidente da Mars Society se mostrou cauteloso sobre datas: “são apenas palpites”, disse em entrevista. Mesmo assim, ele espera poder ver o Starship alcançando a estratosfera antes que o ano acabe.

Não é de hoje que Elon Musk demonstra interesse em visitar Marte. Em outros momentos, ele afirmou que os humanos precisam estabelecer presença humana autossustentável no Planeta Vermelho para garantir "a continuidade da consciência como conhecemos" caso nosso planeta fique inabitável devido a uma guerra nuclear ou pelo impacto de um asteroide, por exemplo. Nisso, a atuação da SpaceX é direcionada ao transporte de cargas e pessoas para o planeta. "A SpaceX está enfrentando o maior desafio individual, que é o sistema de transporte. Existem diversos tipos de outros sistemas que serão necessários", disse Zubrin.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: