De Spinazzola a Shaw: laterais-esquerdos ganham destaque na Euro e viram pilares de classificados às semifinais

·3 minuto de leitura

A imagem de Leonardo Spinazzola sendo retirado de maca foi de cortar o coração — ele rompeu o tendão de Aquiles e está fora da Eurocopa. Não apenas pela lesão, mas por se tratar de um dos destaques da Itália no torneio. Elogiado por torcedores e pela crítica, o lateral-esquerdo é um dos exemplos que unem os quatro semifinalistas: a presença de nomes nesta posição que geram perigo e se tornaram decisivos para as suas seleções chegarem tão longe.

Números dos laterais-esquerdos

Joakim Maehle (Dinamarca): Luke Shaw (Inglaterra):Jordi Alba (Espanha):Leonardo Spinazzola (Itália):

Curiosamente, essa crescente acontece ao mesmo tempo em que alguns dos principais técnicos do mundo têm reclamado da falta de opções para o setor. Clubes de elite como o Manchester City e o Bayern de Munique, por exemplo, as vezes optam por improvisar nas laterais. A Eurocopa vem para contrariar este argumento e mostrar que há, sim, oxigenação na posição.

Spinazzola viveu uma partida de gala nas quartas de final, na vitória por 2 a 1 diante da Bélgica. O lateral-esquerdo acertou 41 de 43 passes, recuperou cinco posses de bola, criou três chances de gol, acertou dois cruzamentos e deu uma finalização. Ele também foi fundamental ao evitar um gol do atacante Romelu Lukaku, aos 15 minutos da etapa final. Diante na Turquia, no triunfo por 3 a 0 na estreia, foi eleito o melhor em campo.

— Infelizmente todos nós sabemos o que aconteceu, mas o nosso sonho azul continua e com este grande grupo nada é impossível. Só posso dizer que voltarei em breve! Tenho certeza — lamentou o lateral-esquerdo que, segundo o 'Diário As', da Espanha, está na mira do Real Madrid.

Outra favorita ao título, a Inglaterra vê Luke Shaw surpreender. Não que o lateral-esquerdo já não fosse uma promessa da seleção há anos, mas as atuações no Manchester United indicavam que a Eurocopa seria tão efetiva e decisiva para ele e para a equipe do técnico Gareth Southgate.

Ao todo Shaw entregou três assistências para seus companheiros e só está atrás de David Beckham (5) como líder neste quesito na história da seleção em Eurocopas. Aliás, diante da Ucrânia, nas quartas de final, o lateral-esquerdo se tornou o segundo jogador a dar dois passes para gol no mesmo jogo pela seleção no torneio — o outro a conseguir este feito também foi Beckham.

O resultado das boas atuações é que o Manchester United deve iniciar negociações pela renovação de contrato com Luke Shaw após a Eurocopa, o jogador possui vínculo com a equipe até 2023 sendo que o clube ainda tem a opção de ativar uma cláusula de renovação automática por mais uma temporada.

Mistura de renovação e liderança

Já o caso de Jordi Alba, da Espanha, divide opiniões. Apesar de a seleção ainda não ter empolgado no torneio, existe o consenso entre a imprensa espanhola de que o nível aumentou a partir da entrada dele e do volante Sergio Busquets na equipe. Em meio a tantas renovações com o técnico Luis Enrique, os dois pilares de experiência se tornaram importantes para a vaga na semifinal.

Alba, aliás, esteve diretamente envolvido com isso. Foi dele a finalização que resultou no gol marcado diante da Suíça, nas quartas de final, que posteriormente foi dado como contra para Zakaria. O atleta do Barcelona foi eleito o melhor em campo e ganhou elogios. Nesta Euro, ele completou 75 jogos com a seleção espanhola.

Já Maehle está vivendo o seu auge nesta Eurocopa e os números comprovam isso: gol diante da Rússia, novamente balançou as redes diante País de Gales e uma assistência de trivela para Dolberg classificar a equipe às semifinais, diante da República Tcheca. Mas, diferentemente dos outros lateral-esquerdos, Maehle tem uma função tática diferente.

Como a Dinamarca costuma atuar com três zagueiros, com Christensen, Kjaer e Vestergaard, Maehle é utilizado quase como um ala. Existe a facilidade de chegar a frente e o esquema tático da seleção é pensado nesta ofensividade e passa muito pelos pés do lateral-esquerdo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos