Sport tenta sua 1ª sequência de quatro vitórias no Brasileiro desde 2017

·2 minuto de leitura

BRAÇO DO NORTE, SC (FOLHAPRESS) - O Sport tenta coroar sua reação no Campeonato Brasileiro, ao enfrentar o Cuiabá às 19h desta quinta-feira (14), com um feito que não alcança no Campeonato Brasileiro desde a edição de 2017: uma sequência de quatro vitórias na competição.

Após um início cambaleante com Gustavo Florentín, a equipe rubro-negra conseguiu, na última semana, vencer Grêmio e Juventude, dois adversários diretos na briga contra o rebaixamento, e ainda encerrar uma série de dez jogos invicto do Corinthians ao bater os paulistas por 1 a 0.

A vitória do último sábado (9) rendeu, inclusive, um discurso emocionado do treinador paraguaio no vestiário, conforme vídeo divulgado pelo próprio Sport em seu canal no Youtube —ainda no gramado, ele já havia deixado transparecer o alívio com o triunfo ao se ajoelhar após o apito final.

"Vínhamos conversando que essa semana teria que ser nossa. Vocês conseguiram. Nove de nove [pontos]. Estou feliz com vocês. Sentia que podíamos alcançar o nosso objetivo de ganhar, ganhar e ganhar, e que todos estivéssemos unidos. Estou orgulhoso de vocês", disse Florentín ao elenco.

A meta agora é fazer 12 de 12 pontos, o que já não acontece há quatro temporadas.

A última vez que isso ocorreu foi ainda com Vanderlei Luxemburgo, na Série A de 2017. Na ocasião, o Sport emendou seis vitórias, quatro delas no Brasileiro, uma na Copa Sul-Americana e outra na final do Campeonato Pernambucano, a que rendeu título sobre o Salgueiro.

Desde então, as melhores sequências no Brasileiro só chegaram a três vitórias. Mesmo na Série B de 2019, em que terminou na vice-liderança, o Sport não conseguiu atingir o feito —chegou a ter ali uma série de oito jogos invicto, mas com três empates intercalados com outros cinco triunfos.

Agora a empolgação dos rubro-negros para, enfim, conquistarem uma quarta vitória seguida se soma aos retornos de Hernanes e Everaldo, que cumpriram suspensão na rodada anterior e estarão à disposição de Florentín.

O Sport ainda poderá se valer dos desfalques do Cuiabá, que não terá Jonathan Cafú, suspenso, e ainda trata Clayson, um de seus principais jogadores na temporada, como dúvida.

Também na briga contra o rebaixamento, a equipe mato-grossense não vence há cinco rodadas, desde que bateu o Juventude por 2 a 1. No entanto, ela vive situação mais confortável que o Sport na tabela: é a 12ª colocada, com 31 pontos, cinco a mais que o time pernambucano, em 18º.

Além disso, o time de Jorginho deu bons sinais ao seu torcedor no empate sem gols com o São Paulo na segunda (11), em que conteve a pressão do adversário, com maior posse da bola, e criou melhores chances no ataque.

Estádio: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

Horário: 19h (de Brasília) desta quinta-feira (14)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (FIFA-SC)

Transmissão: SporTV e Premiere

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos