Brasil é o maior campeão da Copa das Confederações

Sorteio neste sábado define os encontros da edição de 2013 do torneio que não costuma trazer sorte à Seleção

Neste sábado, às 11h20 (de Brasília), acontece, em São Paulo, o sorteio dos jogos da Copa das Confederações, evento-teste mais importante para o Brasil antes da Copa do Mundo. A competição, organizada pela Fifa, serve, principalmente, para testar estádios e infra-estruturas de cidades que também sediarão o Mundial e, para a Seleção, será a última prova de fogo antes da tentativa de conquistar o hexa em casa.

Apesar de, em 2013, a Copa das Confederações reunir 12 títulos mundiais, a competição não costuma gozar de tanto prestígio quanto a Eurocopa ou mesmo a Copa América.

A Copa das Confederações foi criada em 1997, em substituição à Copa Rei Fahd, competição organizada pela Arábia Saudita reunindo os campeões de cada continente. Depois do sucesso das duas primeiras edições do torneio, a Fifa entrou no jogo, criando a Copa das Confederações, que aconteceria a cada dois anos até 2005, quando ganhou o status de evento preparatório para a Copa do Mundo. A competição passou a ser quadrienal e sempre organizada no ano anterior ao Mundial e realizada no país que sedia o Mundial no ano seguinte.

A edição de estreia, em 1997, aconteceu ainda na Arábia Saudita e foi a primeira conquistada pelo Brasil, maior campeão do torneio, com três títulos. Na final, a Seleção de Ronaldo, Romário e Denílson bateu a Austrália por 6 a 0 para levar a taça.

O Brasil conquistaria ainda as Copas das Confederações de 2005 e 2009. As eliminações nos Mundiais dos anos seguintes talvez seja um sinal de que conquistar o torneio em 2013 não seja a melhor das idéias...

Em 1999, no México, a Seleção Brasileira, liderada por Ronaldinho Gaúcho, passou por Alemanha, Estados Unidos e Nova Zelândia na primeira fase, mas foi derrotada por 4 a 3 na decisão com os anfitriões, depois de aplicar um 8 a 2 na Arábia Saudita na semifinal.

Ronaldinho teria que esperar até 2005 para levantar a taça da Copa das Confederações realizada na Alemanha. O melhor jogador do mundo à época foi o capitão da Seleção que teve Adriano como destaque, marcando dois dos quatro gols na final contra a Argentina.

O terceiro título veio em 2009, na África do Sul. Comandada por um contestado Dunga, o Brasil suou para bater o Egito na estréia (4 a 3), mas depois passou fácil por Estados Unidos (3 a 0) e Itália (3 a 0). Nas semifinais, vitória suada por 1 a 0 sobre a anfitriã África do Sul. No entanto, a final esperada não se concretizou, já que a seleção espanhola, que havia conquistado a Euro três anos antes, foi derrotada por 2 a 0 pelos Estados Unidos na semifinal. Na decisão, o Brasil sofreu dois gols do time americano logo no início da partida, mas Luis Fabiano igualou o marcador e o capitão Lúcio garantiu a virada e o título nos minutos finais.

Depois do Brasil, o maior campeão da Copa das Confederações é a França. Os Bleus ganharam as edições de 2001, após baterem o Brasil nas semifinais do torneio disputado na Coréia do Sul e no Japão, e 2003, quando a Seleção canarinha foi eliminada ainda na primeira fase, e os gauleses foram campeões em casa.

Além de ser o maior vencedor da competição, o Brasil é a única equipe que participou em todas as edições da Copa das Confederações.

Brasil x Itália

Para a edição de 2013, o Brasil já sabe que enfrentará a seleção italiana, em um dos maiores clássicos do futebol mundial. Como a Espanha venceu o Mundial de 2010 e a última Euro, os italianos se classificaram por ter chegado à final do torneio europeu, e o regulamento prevê que duas equipes do mesmo continente não podem se enfrentar na fase de grupos. Sendo assim, a Espanha terá como adversário na primeira fase o Uruguai, campeão da Copa América do ano passado. Outras equipes que disputarão a Copa das Confederações 2013 são Japão, México, Taiti e o campeão da Copa Africana de Nações, que acontece em janeiro do ano que vem.

Carregando...

YAHOO NOTÍCIAS NO FACEBOOK

Siga o Yahoo Notícias