Campeão sub-20 com a Seleção, Dudu é preso em Goiânia por agredir esposa e sogra

Esporte Interativo
Dudu teve que pagar fiança de R$12 mil e responde em liberdade

Um momento que seria de carinho e descanso com a família se tornou caso de polícia. Em meio a suas férias no Brasil, o meia Eduardo Pereira Rodrigues, conhecido como Dudu, do Dínamo de Kiev e campeão mundial sub-20 pela seleção brasileira em 2011, foi preso na madrugada desta quarta-feira (30) suspeito de agressão a mulher e a sogra, em Goiânia. O jogador foi levado até a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Dema).

Pela manhã, o jogador prestou depoimento e acabou liberado após pagar fiança no valor de R$12 mil. Dudu ainda responderá em liberdade.

Veja também:
- Cartaz oficial da Copa do Mundo no Brasil é divulgado no Rio de Janeiro
- Hernanes se recupera bem após susto
- CBF anuncia amistoso da Seleção contra a Suíça em agosto

O meia, que joga na Ucrânia, havia ganhado uns dias de folga para passar no Brasil por conta do nascimento do filho há seis dias, em uma gestação considerada de risco. No entanto, segundo depoimento da esposa à polícia, ela chegou a ser agredida com socos na cabeça e puxões de cabelo durante uma briga do casal. A sogra, em meio a discussão acalorada, tentou defender a filha e acabou sofrendo escoriações no braço. O motivo? Uma ligação da mulher não atendida por Dudu.







Assessoria do atleta preferiu não se pronunciar até a situação ser averiguada.

Relacionamento conturbado

A vida do casal, que vive na Ucrânia desde que Dudu foi vendido pelo Cruzeiro, perdura entre muitas idas e vindas, que já duram quatro anos.