Sri Lanka empossa novo presidente em meio a crise econômica e inflação em alta

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Ranil Wickremesinghe toma posse como novo presidente de Sri Lanka em cerimônia no parlamento, em Colombo, Sri Lanka
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Uditha Jayasinghe

COLOMBO (Reuters) - O político veterano Ranil Wickremesinghe foi empossado como novo presidente do Sri Lanka nesta quinta-feira, um dia depois de vencer uma votação no Parlamento e pedir que o país se una para encontrar uma saída para sua pior crise econômica em décadas.

O país de 22 milhões de pessoas está sendo afetado pela falta de moeda estrangeira, provocando escassez de combustível, alimentos e medicamentos à medida que os preços disparam.

A inflação atingiu 59% ao ano em junho, segundo o departamento de estatísticas.

Wickremesinghe, seis vezes primeiro-ministro, substituiu Gotabaya Rajapaksa, que fugiu do Sri Lanka e renunciou ao cargo na semana passada, após protestos em massa sobre sua condução da economia. A cerimônia de posse foi realizada no Parlamento e presidida pelo chefe de Justiça do país.

O Sri Lanka recebeu novos suprimentos de diesel no fim de semana, e a principal distribuidora estatal, Ceylon Petroleum Corporation, reiniciaria as vendas sob um novo sistema de racionamento a partir desta quinta-feira, segundo o Ministério de Energia.

O movimento de protesto que expulsou Rajapaksa --o primeiro presidente do Sri Lanka a deixar o cargo-- permaneceu em grande parte silenciado, apesar da impopularidade de Wickremesinghe entre alguns setores da população.

Apenas algumas pessoas estavam presentes do lado de fora da secretaria presidencial na quinta-feira, um prédio da era colonial que foi invadido por um mar de manifestantes no início deste mês, juntamente com as residências oficiais do presidente e do primeiro-ministro.

Mas alguns prometeram lutar contra Wickremesinghe.

"Não vamos desistir porque o que o país precisa é de uma mudança total do sistema", disse Pratibha Fernando, manifestante na secretaria. "Queremos nos livrar desses políticos corruptos, então é isso que estamos fazendo."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos